Política

Código de Ética da Câmara de Fortaleza será reformulado neste ano

Reunião da Mesa Diretora definiu reformulação do Código de Ética (Foto: Divulgação/CMFor)

Reunião da Mesa Diretora definiu reformulação do Código de Ética ainda no 2º semestre (Foto: Divulgação/CMFor)

Responsável por regular sanções contra vereadores por quebra de decoro, o Código de Ética da Câmara Municipal de Fortaleza será alvo de reformulação no segundo semestre deste ano. A decisão foi tomada nesta segunda-feira, 5, em reunião da Mesa Diretora da Casa.

Além do Código de Ética, a coordenação do Legislativo municipal definiu também a revisão do Regimento Interno da Câmara como uma de suas metas para o segundo semestre. Eles ainda não iniciaram, no entanto, discussão sobre quais pontos deverão ser alterados em ambos os documentos.

Normas do Código de Ética têm sido motivo de polêmica nos últimos anos, com diversos vereadores criticando a ausência de sanções mais diretas para punir parlamentares que faltarem com o decoro. Na legislatura passada, dois vereadores da Casa – Leonelzinho Alencar e A Onde É – renunciaram após serem acusados de corrupção.

Mesa Diretora

Além do estabelecimento das reformas como prioridades para o segundo semestre, reunião desta segunda também fez um balanço das atividades da Casa neste ano. Os parlamentares debateram ainda a tramitação de propostas como da Lei de Uso e Ocupação do Solo, bem como da revisão da Lei Orgânica do Município.

Participaram do encontro o presidente da Câmara, Salmito Filho (PDT), e os vereadores Adail Júnior (PDT), Didi Mangueira (PDT), Cláudia Gomes (PTC), Paulo Martins (PRTB) e Mairton Félix (DEM).

Recomendado para você

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *