Política

“Se TSE absolver Temer e Dilma, a casa cai”, diz Tasso

508 4

O senador Tasso Jereissati afirma que PSDB anunciará até segunda se permanece na base de Temer (Foto: Divulgação / PSDB)

Presidente nacional do PSDB, o senador cearense Tasso Jereissati (PSDB) estabeleceu como limite a próxima segunda-feira, 12, para decisão do partido sobre se fica ou sai da base do governo de Michel Temer (PMDB). A reunião da sigla seria nesta quinta-feira, 8, mas diante do adiamento do julgamento da chapa Dilma-Temer pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE), a data foi mudada.

“Daqui para lá pode ter coisa nova. Estou preocupado com esse novo roteiro do TSE. Se absolver Temer e Dilma a casa cai”, disse o senador em entrevista ao jornal O Globo nesta quarta. “A cada dia é um fato novo, não vai parar de ter fato novo nunca. Isso vai mudando a cabeça dos senadores. Segunda-feira é o limite do PSDB”.

A reunião da Executiva Nacional será ampliada para governadores, senadores, deputados e presidentes de diretórios estaduais. Há um “caldeirão” na legenda, diz Tasso, e a prioridade será mantê-lo unido.

Há grandes chances do PSDB anunciar o desembarque, com ou sem condenação do TSE. Isso porque a avaliação de muitos é que o governo não terá mais como se sustentar. “Não precisamos de cargos ou ministérios para continuar apoiando as reformas”, afirmou o tucano.

 

Recomendado para você

4 Comentários

\

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *