Política

AL convocará secretário de Segurança e instalará CPI do Narcotráfico

Secretário André Costa irá à Casa responder questionamentos de deputados (Foto: Banco de dados/O POVO)

Secretário de segurança André Costa irá à Casa responder perguntas de deputados (Foto: Banco de dados/O POVO)

Vencida no plenário a pauta da extinção do Tribunal de Contas dos Municípios (TCM), a Assembleia Legislativa focará debates agora na questão da segurança pública do Estado. Segundo o presidente da Casa, Zezinho Albuquerque (PDT), tema será prioridade no 2º semestre, em agenda que incluirá visita do secretário André Costa ao Legislativo.

Segundo Zezinho, o titular da Secretaria de Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS) virá à Assembleia ainda em agosto para apresentar balanço de dados da área. Como é tradição na Casa, o secretário também responderá questionamentos de deputados, especialmente oposicionistas como Capitão Wagner (PR) e Ely Aguiar (PSDC).

CPI do Narcotráfico

Zezinho ainda anunciou, para a segunda quinzena de agosto, nova reunião da Mesa Diretora da Casa para debater a instalação da CPI do Narcotráfico. Requerimento cobrando instalação do grupo foi apresentado ainda no 1º semestre de 2015. Na época, oposição acusou a ação como manobra para barrar outra comissão, que pede investigação da obra do Acquario Ceará.

Isso porque, com apresentação de última hora da três CPIs, “fila” ficou lotada e a comissão do Acquario ficou impedida. De lá para cá, apenas um grupo, para investigar fraudes no Seguro DPVat, foi instalado. Após mais de um semestre aguardando instalação, CPI concluiu trabalhos sem grandes avanços, apenas apresentando relatório ao Ministério Público.

Zezinho Albuquerque defendeu necessidade de a Casa discutir o assunto, mas destacou que a medida, por si só, não resolverá o problema do tráfico de drogas no Estado. “O Congresso já fez uma e não resolveu”, diz Zezinho, que destaca problema da violência como “nacional”.

Recomendado para você

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *