Política

Presidente estadual do PP pede investigação sobre áudios

O presidente estadual do PP pediu à Procap que investigasse as gravações

Antônio José, presidente estadual do PP, reagiu às gravações que circularam no último final de semana e esteve nesta segunda-feira, 11, à Procuradoria de Justiça dos Crimes Contra a Administração Pública (Procap) para pedir investigação sobre supostas irregularidades envolvendo recursos de uma emenda parlamentar.

Nesta terça-feira, 12, o ex-candidato à Prefeitura de Massapê prometeu ir à Polícia Civil para pedir mais investigações.

Os áudios trazem um diálogo entre duas pessoas tentando associar Antônio José a um recurso de emenda. Em entrevista ao Blog Política, o presidente da sigla disse que procurou as autoridades para que as gravações sejam desvinculadas ao seu nome.

“Os áudios não ligam a mim só porque é um nome igual ao meu. Quero investigação para descobrir realmente quem são os envolvidos desse áudio”, disse.

Pedido de investigação de Cabo Sabino segue em análise no MPF

Ainda no final de semana, através de nota, o diretório estadual PP havia afirmado que “a voz presente no áudio é a de outra pessoa, sendo injusta qualquer divulgação envolvendo o presidente estadual do PP no conteúdo gravado”.

Antônio José afirmou que se reuniu com a procuradora Vanja Fontenele e o promotor Plácido Rios e que eles desconhecem a entrega do material por um dos participantes das gravações. No áudio, um dos homens ameaça “Antônio José” de entregar a gravação para a Procap como forma de intimidação.

“Estive lá (Procap) solicitando apuração de todos os fatos relacionados a esse áudio e pedindo apuração. Hoje vou dar entrada na Polícia Civil para que façam uma investigação para que os autoridades possam ser descobertos para toda sociedade cearense”, disse o presidente do PP.

Recomendado para você