Política

“Quem ama seu povo não se aposenta nunca”, rebate tucano sobre declaração de Ciro contra Tasso

760 8

Carlos Matos em pronunciamento na manhã desta terça-feira, 17, na Assembleia Legislativa. Foto: Maximo Moura/AL-CE

O deputado estadual Carlos Matos (PSDB) defendeu, na manhã desta terça-feira, 17, a candidatura do senador Tasso Jereissati (PSDB) ao Governo do Estado no ano que vem e rebateu fala do ex-ministro Ciro Gomes (PDT) que sugeriu na semana passada que o tucano deveria ter se aposentado.

“É de fato um pronunciamento infeliz. Ele (Tasso) trabalhou muito, mas tem muito a fazer ainda. Aquele que ama seu povo não se aposenta nunca. Tasso está longe de se aposentar como era o seu (de Ciro) desejo. Ele está mais vivo do que nunca”, disse o deputado.

Em convenção do PDT, na última quinta-feira, 12, o pré-candidato à presidência da República chegou a acusar o ex-aliado de agir como um “traidor” caso se candidatasse ao Executivo estadual contra o governador Camilo Santana (PT) em 2018.

“Nós temos a indicação de votar com entusiasmo no grande governador Camilo Santana para que ele aperfeiçoe a obra que está executando, conclua ações extraordinárias que está praticando e para que introduza novos projetos ouvindo com humildade, que lhe é peculiar, e capacidade de diálogo, que é tão generosa e que até espertalhões da política que já deviam se acomodar e se aposentar exploram a boa-fé do Camilo para planejar traí-lo pelas costas”, desabafou durante o evento.

Assembleia Legislativa

Conforme noticiou o Blog Política, nesta segunda-feira, 16, o clima de bastidores da oposição na Assembleia Legislativa é outro depois que a possibilidade de candidatura de Tasso ao Palácio da Abolição foi admitida por ele a em reunião com aliados.

Na próxima semana está agendada uma reunião entre o tucano e o presidente do Congresso Nacional, Eunício Oliveira (PMDB), para discutir possível aliança para o ano que vem.

Recomendado para você

8 Comentários

  • Nonato Oliveira disse:

    Políticos brasileiros amam o povo e se empenham no bem estar social e econômico de seu povo… faça-me rir senhor… tucanos et caterva só se interessam pelas Federações de Indústria, enriquecimento pessoal e de suas famílias e dominar politicamente o Estado. Não são diferentes de nenhum outro! Nós, o povo é que somos uns otários… vide o pato da FIESP!

  • Deval Paixão Alvinegra disse:

    Parece comentário entre crianças.

  • JerônimoJJ disse:

    engraçado é este tipo de amor que os cearenses deveriam ser mais críticos o que fizeram com o bec ou amor, com a coelce ou amor, com a teleceará e outras tantas ou amor….

  • Bosco vale disse:

    Bec coelce especialmente, eram cabide de emprego.
    Conheço gente que nunca fez concurso, e lá trabalhou até se aposentar.
    Tinha que serem privatizados mesmo.
    Tasco privatizou e acabou com esta bagunça.

  • Douglas disse:

    E depois de V. Exa., o Sr. Tasso, ter votado conta o afastamento do seu colega, Aécio Neves, ele espera o que, se lançar a governador do Estado? Talvez ele aposte que o eleitor tenha memória curta.

  • José Jayme Da silva disse:

    Tudo farinha do mesmo saco, estão brigando agora mais estão todos junto incluindo dos nossos impostos.

  • ivan lima disse:

    Quem ama seu povo, não protege senador corrupto….e nem se esconde no gabinete para não votar no congresso com vc fez…..

  • Francisco Batista Ribeiro disse:

    Ele prometeu ao povo cearense que o recurso da negociação das Estatais seria para utilização na melhoria da saúde, da segurança pública.
    MAS NINGUÉM É CAPAZ DE APRESENTAR UM REAL DESSE INVESTIMENTO NO ESTADO DO CEARÁ, ma a operação demandou recursos na importância de $ 1,3 bilhão de dólares.
    Mas deve ter o orgulho de ter a tarifa de energia elétrica mais cara do país e o pior serviço de fornecimento.
    A telefonia foi entregue a um grupo ” que já esta em falência” e se não bastasse tem o mais sofrível serviço de telefonia tanto fixa quanto móvel.
    O Banco estatal ( Cheia de coisas sem explicação )

\

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.