Política

Voto pró-Temer, Danilo Forte é removido da CCJ pelo PSB

590 7
Apesar de se dizer indeciso sobre a votação, Danilo Forte foi substituído da CCJ pelo PSB (Foto: Divulgação)

Apesar de se dizer indeciso sobre a votação, Danilo Forte foi substituído da CCJ pelo PSB (Foto: Divulgação)

Após destituição de Tereza Cristina (MS) da liderança do partido, o PSB removeu os deputados Danilo Forte (CE) e Fábio Garcia (MT) da Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) da Casa. A modificação foi confirmada nesta quarta-feira, 18, pelo partido, que busca remover possíveis votos contrários ao prosseguimento da denúncia contra Michel Temer (PMDB) do grupo.

No lugar de Forte e Garcia, assumirão vaga na CCJ os deputados Danilo Cabral (PE) e Hugo Leal (RJ), ambos favoráveis à aceitação da denúncia contra o presidente da República. Já a liderança da bancada do PSB ficará com o deputado Júlio Delgado (MG). Ao todo, a sigla possui indicação de quatro membros da comissão.

“A mudança garante quatro votos do PSB no colegiado favoráveis ao prosseguimento da denúncia da Procuradoria-Geral da República (PGR) contra Temer e os ministros Eliseu Padilha e Moreira Franco, conforme posicionamento definido pelo Diretório Nacional do partido”, diz nota do PSB.

A sigla destaca que a saída de Tereza Cristina, que se negava a fazer as trocas, também foi recomendada de forma unânime pelo Diretório do PSB. “Nós vínhamos há muito tempo passando por esse constrangimento de as votações da grande maioria no plenário serem dissonantes da indicação da liderança. Agora vamos encontrar uniformidade”, diz Delgado.

Danilo Forte

O Blog Política procurou o deputado Danilo Forte para comentar o caso, mas ainda não obteve resposta. Apesar de ter sido trocado pelo partido no grupo, o deputado não confirmava voto pró-Temer, afirmando apenas estar “indeciso” sobre o caso.

Recomendado para você

7 Comentários

  • Clayton disse:

    Bem feito, agora falto o povo cearense , retira-lo do congresso.
    Um político do povo,não pode ficar contra o povo e absolver políticos corruptos.
    Vamos tirar todos que forem contra nós. As eleições são as únicas armas que temos. Fora Danilo e todos os outros que votam a favor da corrupção.

  • Wando Augusto disse:

    Picareta. E ainda tem sem vergonha que vota neste sujeito que só defende seus próprios interesses. Farinha do mesmo saco.

  • DADO disse:

    Essa baboseira do Tasso Jereissati para justificar seu voto não convence ninguém. Naquela votação se decidia apenas se as medidas cautelares eram razoáveis para o flagrante de corrupção que foi vítima o Aécio. A sessão não iria condenar ninguém , e nem o senado tem essa competência. Confirmado seu afastamento aí ele iria continuar seu direito de defesa como já vem fazendo. O Tasso continua o velho Tasso de guerra.

  • DADO disse:

    A verdade é que aquela votação era apenas para criar um jurisprudência no senado para evitar que futuras decisões do STF alcançasse mais gente no covil de ladrões que se tornou o outrora respeitável senado da república. Optaram pelo caminho da omissão, que paguem pelo custo político disso e dos que vierem. Uma vergonha ouvir senadores falarem de soberania popular depois de terem cassado uma presidente, essa sim, sem motivo, e eleita, apesar de tudo, pelo voto popular. Enquanto que o Temer, que não foi eleito pelo voto popular, a grosso modo, pois no brasil ninguém olha para o vice, está aí com todos os motivos para ser afastado do cargo e sempre absolvido pelo parlamento com louvores. Só espero que os eleitores olhem na próxima eleição para os caciques que estão patrocinando todo esse estado de degeneração da política e sigam o slogam: NÃO VOTO EM CACIQUE.

  • DADO disse:

    Se não fosse o pedido feito pela REDE ao STF para que a votação fosse aberta, pois o senhores senadores não queriam que suas digitais fosse identificadas nesse crime praticado contra a nação, nem saberíamos hoje qual o tamanho da parte podre e atrasada do senado. Sim senhores, somos como garanguejo, um país que anda para trás em todos os sentidos. Sou brasileiro que tem vergonha, apesar de amar esse país tropical, dos seus homens e mulheres que insistem no caminho da falta de ética e da moral. Até quando? E o pior é que os males maiores ainda não passaram, viram outros por aí. Fôssemos um povo de sangue quente já teríamos feito justiça com as próprias mãos como outros povos mais civilizados na falta de obediência a lei.

  • DADO disse:

    Vendo hoje os fatos creio que toda essa armação se deu com o “alvará de soltura” e homologadora de corrupção que foi a “Constituição de 1988”, feita ilegalmente por um Congresso investido de poder constituinte, e como não poderia deixar de fazer legislou em causa própria instituindo os “foros privilegiados”, “imunidades parlamentares”, imunidade do executivo para responder por crimes, além do principal, todo o traçado do sistema político corrupto que temos hoje, dentre outros incabíveis privilégios. Constituição essa havida como cidadã e quem tem servido para chancelar toda a sorte de desmandos no país. Já foi passada a hora de escrevermos uma nova constituição feita por uma Assembléia Nacional Constituinte exclusiva eleita pelo povo. Onde estão os homens e mulheres éticos do nosso país? debaixo das camas? escondidos atrás da porta?. Não tivemos nossos momentos de país decente, inclusive com o nosso cognominado “Anos Dourados”? Não podemos reaver o que perdemos?

  • Edson disse:

    Doravante, trabalhador consciente, não votara em PMDB e seus simpatizantes.

\

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *