Política

Janaína Paschoal critica Ciro: “Mulheres são mais macho que muito homem”

759 3
Janaína Paschoal usou as redes para criticas Ciro Gomes (Marcelo Camargo/Agência Brasil)

Janaína Paschoal usou as redes para criticas Ciro Gomes (Marcelo Camargo/Agência Brasil)

A advogada Janaína Paschoal, uma das cabeças do pedido de impeachment de Dilma Rousseff (PT), entrou na “briga” entre Luciana Genro (Psol) e Ciro Gomes (PDT) nas redes sociais. Em mensagens no Twitter, a jurista fez uma série de críticas ao ex-ministro e divulgou vídeo da ex-presidenciável do Psol com ataques a Ciro.

“Onde estava Ciro Gomes quando eu estava enfrentando o PT? As mulheres do Brasil são mais macho que muito homem! É fácil aparecer agora!”, disse a advogada. “Não, não estou fazendo propaganda do PSOL, não concordo as ideias de Luciana Genro, mas digo junto: Vá pra casa Ciro Gomes!”, continua a advogada.

A fala de Janaína causou grande comoção nas redes, com diversos críticos e apoiadores. “Primeiramente, você não enfrentou o PT, e sim foi usada pelo PSDB. E argumento machista para rebater machismo de uma professora de direito, haja viu”, disse a ativista feminista Elika Takimoto.

Confira mensagem publicada por Janaína Paschoal nas redes:

Ciro x Luciana Genro

Na sexta-feira passada, 20, Luciana Genro publicou vídeo em sua página no Facebook criticando declaração feita por Ciro Gomes durante almoço com empresários na Firjan, na última quinta-feira, 19. Ciro teria dito que não via Marina Silva (Rede) como candidata porque “o momento é muito de testosterona”.

Genro criticou as declarações que chamou de “machistas” e “misóginas”. “Lá atrás ele já mostrou quem ele era quando disse que o papel da Patrícia Pillar era dormir com ele. Dessa vez, passou dos limites dizendo que o momento político precisa de testosterona e que por isso uma mulher não poderia estar à frente do processo de mudança no Brasil”, criticou.

O pré-candidato à presidência respondeu na publicação, através do perfil oficial na rede social, rebatendo a fala da ex-parlamentar. “Luciana genro, sua descuidada oportunista, vc (sic) viu aonde eu falando isto?”, questionou. Na sequência, Luciana rebateu o comentário do ex-governador. “Descuidada e oportunista, uma ova! Essa declaração machista está em todos os jornais e sites de notícias, Ciro”, disse.

Mais uma vez, Ciro rebateu a resposta de Genro e criticou a publicação dos jornais. “Leu num despacho do jornalão dos banqueiros e já foi ser a demagoga oportunista. Eu nunca disse isto que foi publicado. O que falei, DENUNCIANDO, era que o Brasil estava vivendo um momento político de muita agressividade e ódio e de testosterona que, neste contexto quer dizer o mesmo, ou seja agressividade. O oposto de dizer que “o Brasil precisa de testosterona”, disse.

Recomendado para você

3 Comentários

  • Elverino Pessoa de Magalhães disse:

    Por esta e outras é que Ciro não merece meu voto. O momento político precisa de um PACÍFICO.
    Com estas frases destemperadas não conseguirá apoio no congresso, e aí adeus…

  • Apropinquante disse:

    Trump soube usar as polêmicas a seu favor. O pobre Bolsonaro ainda não dominou essa arte. Não se deve de desculpar pelo o que não se disse. Nem esconder sua própria opinião pelo medo de ser mal interpretado. Quem souber fazer isso sem a grosseiros do Jair e do Donald estará no nível do Lula em comunicação.

  • Apropinquante disse:

    Trump soube usar as polêmicas a seu favor. O pobre Bolsonaro ainda não dominou essa arte. Não se deve de desculpar pelo o que não se disse. Nem esconder sua própria opinião pelo medo de ser mal interpretado. Quem souber fazer isso sem ser grosseiro estará no nível do Lula em comunicação.

\

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *