Política

Em sabatina morna, comissão aprova Ernesto Saboia para o TCE

Ernesto Saboia era conselheiro do extinto TCM (Foto: Divulgação)

Ernesto Saboia era conselheiro do extinto TCM (Foto: Divulgação)

Após sabatina de quase três horas, a Comissão de Constituição, Justiça e Redação (CCJ) da Assembleia aprovou agora há pouco indicação de Ernesto Saboia para substituir o conselheiro Teodorico Menezes no Tribunal de Contas do Estado (TCE). Ao todo, sete dos nove deputados do grupo votaram a favor da indicação e dois se ausentaram.

A indicação precisa agora ser analisada apenas pelo plenário da Casa. Como já era esperado, sabatina e votação no grupo transcorreram de forma tranquila. Entre os deputados presentes, apenas Capitão Wagner (PR) fez questionamentos mais incisivos ao sabatinado.

Ex-secretário do governo Tasso Jereissati (PSDB), Ernesto Saboia foi indicado pelo tucano ao hoje extinto Tribunal de Contas dos Municípios (TCM). “O intuito com que concorro a essa vaga é esse, fazer a integração entre as duas funções, a de fiscalização dos municípios e a do Estado. Acho que tenho muito a contribuir para isso”, disse.

Sabatina

Entre os seus questionamentos, Capitão Wagner perguntou Saboia sobre sua posição acerca da prescrição de processos de contas. A medida, que foi adotada pelo TCM desde 2014 (inclusive com aval de Saboia), foi revertida na semana passada pelo TCE.

O deputado também questionou o sabatinado sobre o seu parentesco com a conselheira Patrícia Saboya, também do TCE. Em resposta, Ernesto confirmou parentesco, mas destacou: “Não gera qualquer impedimento, uma vez que é maior que o quinto grau”.

Recomendado para você

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *