Política

Greve geral foi cancelada, mas protesto em Fortaleza está mantido

708 3

Ato de protesto contra a reforma da Previdência está mantido em Fortaleza (FOTO: Reprodução / Facebook)

Embora a greve geral, marcada para a próxima terça-feira, 5, tenha sido cancelada após o adiamento da votação da reforma da Previdência na Câmara dos Deputados, o protesto marcado para a mesma data em Fortaleza continua em pé. Ato contra a mudança na aposentadoria terá concentração às 8 horas, entre as avenidas Universidade e 13 de Maio, no bairro Benfica.

Informação é da Frente Povo Sem Medo, uma das organizadoras da manifestação, que publicou nota na sua página do Facebook mantendo o protesto. “A  ameaça permanece, exigindo mobilização permanente dos setores populares contra este grave ataque do governo (de Michel) Temer (PMDB)”, explica o texto. “Por isso, de nossa parte, manteremos as manifestações de rua marcadas para o dia 5 em várias cidades brasileiras e apoiaremos todas as paralisações dos trabalhadores”.

A decisão de manter o ato foi apoiada também pela Frente Brasil Popular, além das centrais sindicais Central Única dos Trabalhadores (CUT), Intersindical, Sindiute, Conlutas e Central dos Sindicatos Brasileiros (CSB). Os movimentos fizeram reunião na tarde desta sexta-feira, 1°, para discutir o assunto.

O cancelamento da grave geral foi anunciado no fim desta manhã, após o adiamento da votação na Câmara dos Deputados. Nota nacional da CUT explicou que “o movimento sindical tinha decidido que, ‘se marcar a votação, o Brasil vai parar’. Como não haverá votação na semana que vem, as centrais sindicais, CUT, Força Sindical, UGT, CTB, Nova Central e CSB, decidiram suspender a greve nacional convocada para o próximo dia 5”.

 

Recomendado para você