Política

Resistência no PT e PSB ameaça acordo entre partidos

1703 1

Vereadora Marília Arraes, Lula e o senador Humberto Costa (Foto: Ricardo Stuckert)

Rifada pelo PT Nacional, que fechou acordo ontem com o PSB, a vereadora e pré-candidata ao Governo de Pernambuco Marília Arraes (PT) disse há pouco que respeita os “posicionamentos divergentes no partido, mas tem a obrigação de representar o que a base do PT e o que o povo de Pernambuco estão querendo”.

A declaração, que reitera a disposição de se manter candidata, foi dada durante encontro de tática eleitoral executiva do PT nesta tarde, em Recife. Na capital pernambucana, a sigla decide nesta quinta se aprova a tese da candidatura própria ou se a rejeita, acatando postura da cúpula petista.

Resolução aprovada ontem pela executiva nacional da legenda deliberou pela retirada da candidatura de Marília e anunciou apoio à reeleição do governador Paulo Câmara, do PSB. Além de PE, o acerto se estende também a outros três estados: Amapá, Acre e Minas Gerais.

Em troca, os pessebistas devem permanecer neutros nas eleições presidenciais. A estratégia é um duro golpe na candidatura de Ciro Gomes (PDT) ao Planalto. O ex-governador do Ceará mantinha negociações com os socialistas.

Também hoje, pelas redes sociais, o ex-prefeito de Belo Horizonte, Márcio Lacerda (PSB), reafirmou a disposição de concorrer ao Governo de Minas contra o atual governador, o petista Fernando Pimentel.

A saída de Lacerda da disputa é outro ponto do acordo firmado entre PT e PSB. Nessa quarta, o presidente do partido, Carlos Siqueira, foi até Minas para comunicar Lacerda pessoalmente de que a sigla desistira da candidatura após tratativas com o PT.

No Facebook, porém, o ex-prefeito negou que irá deixar a corrida eleitoral. “Sou candidato, sim. Vou lutar para acabar com essa forma velha de fazer política. O Brasil não admite mais essa política rasteira”, criticou o pessebista. “Minas é muito maior que isso e vai provar que tem um jeito novo de fazer política. Minas tem jeito.”

Recomendado para você