Política

Mulheres presidem maioria dos tribunais superiores pela primeira vez na história do Brasil

Rosa Weber

(Foto: José Cruz/Agência Brasil)

A ministra Rosa Weber chefiará o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) a partir desta terça-feira, 14, até 2020, assumindo lugar deixado pelo Luiz Fux. A posse fará com que as mulheres passem, pela primeira vez na história do País, a chefiar a maioria dos tribunais superiores. A informação é do portal G1.

Além de Rosa, Cármen Lúcia preside o Supremo Tribunal Federal (STF) e Laurita Vaz chefia o Superior Tribunal de Justiça (STJ). Outros dois tribunais estão sob responsabilidade de homens: João Batista Brito Pereira preside o Tribunal Superior do Trabalho e o ministro José Coêlho Ferreira está à frente do Superior Tribunal Militar.

O portal G1 menciona ainda outras duas mulheres destacadas no Judiciário. A atual procuradora-geral da República é Raquel Dodge e Grace Mendonça é ministra da Advocacia-Geral da União (AGU).

Recomendado para você