Política

Após mortes de policiais, Camilo suspende a agenda de campanha

Candidato à reeleição, o governador Camilo Santana (PT) suspendeu a agenda de campanha desta sexta-feira.

Na tarde de hoje, 23, três policiais militares foram executados no bairro Vila Manoel Sátiro, em Fortaleza. Outras três pessoas foram presas suspeitas do crime.

Camilo já havia cancelado as atividades de campanha na noite desta quinta, quando tinha agendado encontro com o senador Eunício Oliveira (MDB).

Ambos participariam da inauguração do comitê eleitoral do candidato a deputado estadual Domingos Filho (PSD) e do filho, Domingos Neto, que concorre a mais um mandato de deputado federal.

De acordo com pesquisa Ibope divulgada nesta semana, o governador lidera a disputa pelo Palácio da Abolição, com 64% das intenções de voto, à frente do seu principal rival, General Theophilo (PSDB), que tem apenas 4%.

Nesta noite, o tucano lamentou as mortes dos PMs e criticou  Governo: “Quando policiais sofrem atentado dessa magnitude é porque, realmente, o Estado de Direito está ameaçado pela falta de coragem e fragilidade do governador no combate à violência”.

Recomendado para você

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *