Política

Mais de um milhão de eleitores cearenses não votaram no 1º turno

urna-eletrônica

(Foto: Elza Fiúza/Agência Brasil)

Por: Matheus Facundo

Do total de  6.342.532  milhões de cearenses aptos a votar nas Eleições Gerais de 2018, mais de 1 milhão não compareceram às urnas nesse domingo, 7, 1º turno do pleito eleitoral deste ano. O número, de 1.099.042  milhões de eleitores faltantes, foi menor do que a primeira rodada das eleições de 2014. Naquele ano 1.261.344 milhões de cearenses deixaram de escolher senadores, governador, deputados e presidente.

Leia mais: Quem não votou no primeiro turno pode votar no segundo turno, dia 28 de outubro

O comparecimento também mostrou avanços. Neste ano,  5.243.490  eleitores compareceram, ante a 5.007.565 há quatro anos atrás. A votação no Ceará atingiu números expressivos. Camilo Santana (PT) foi o governador mais votado do Brasil e se tornou o mais votado da história do Ceará. Ele teve 79,96% dos votos válidos.

Brancos e nulos no Ceará

O número de votos brancos diminuíram e os nulos aumentaram no pleito para governador no Ceará, em comparação com os números de 2014. Nesse domingo, 7, foram 246.430 mil votos em branco e 672.939 mil nulos, enquanto nas últimas eleições foram 303.440 e 438.492 mil, respectivamente.

Confira o resultado final das eleições no Ceará

Já na disputa de presidentes, ambos caíram. Foram 111.881 mil votos brancos (2,13% dos votos válidos) e 252.67 nulos (4,82% dos votos válidos), contra 158.501 brancos e 328.832 nulos em 2014.

 

Recomendado para você