Política

Ciro Gomes vota, não anuncia apoio e diz que campanha para o PT “nunca mais”

11236 20
Ciro Gomes após votar

Ciro Gomes votou neste segundo turno e disse que não apoia o PT “nunca mais” (Foto: Fabio Lima/ O POVO)

Ciro Gomes (PDT) votou em Fortaleza no início da tarde deste domingo, 28. Terceiro colocado na disputa presidencial, Ciro estava acompanhado do prefeito de Fortaleza, Roberto Cláudio, e do presidente da Assembleia Legislativa, Zezinho Albuquerque, companheiros de partido, na zona eleitoral, na sede da Secretaria da Saúde do Estado do Ceará. Na sua chegada, afirmou que “nunca mais” realizaria campanha para o PT, rechaçando qualquer apoio a Fernando Haddad (PT). Sobre o resultado do pleito, afirmou que sua posição “será de oposição a quem quer que vença as eleições.”

O presidente do PDT, Carlos Luppi, havia divulgado que o ex-ministro gravaria vídeo, o que gerou expectativa de apoio a Haddad, porém não se concretizou e Ciro afirmou hoje que não estava neutro e que havia “tomado posição desde a primeira hora”. “Não quero é fazer campanha com o PT nunca mais”, resumiu.

“É preciso votar contra intolerância e discriminação, mas qualquer que seja o resultado o Brasil vai entrar num momento gravíssimo de aprofundamento da divisão, do estigma do ódio”, considerou. Na ocasião, Ciro apontou que é necessário criar um “caminho novo” para além da polarização e do ódio. “É necessário restaurar a paz política para que assim a gente possa resolver a equação social e econômica do país”.

“Expondo a necessidade de desarmar essa bomba de ódio, de confrontação que vem destruindo a economia brasileira e atrasando dramaticamente a condição social do povo mais pobre do país. Portanto, a minha posição é a mesma de antes. Se eu quisesse aderir a uma ou a outra força, eu teria feito antes. Eu atravessei esse quadro todo por que acredito que o Brasil precisa desesperadamente desarmar essa bomba”, disse o ex-ministro.

Ciro explicou o que seria a bomba a qual se referiu em seu discurso: “Você elege uma banda do País, a outra em uma oposição rasteira e destrutiva e fazem quatro anos que o Brasil não para pra trabalhar. Ainda de acordo com o pedetista “o medo” e “o debate nacional marcado por esse radicalismo estreito e intolerante”, não são benéficos.

Quando perguntado sobre a campanha e a candidatura em 2022, Ciro afirmou que iria “descansar um pouco”.

Recomendado para você

20 Comentários

  • Ednardo Bezerra disse:

    Quem faz política pensando em ganhar a qualquer preço está sujeito a dissabores.
    Conheci Ciro batalhando contra os coronéis. Pregando o não roubar mas ser democrático. Não o que hoje vejo.

  • GLAICO ANDRADE JUCÀ disse:

    O individual consciente e o coletivo inconsciente, irao determinar o resultado efetivo desse pleito de 2.018.

  • Jose Humberto disse:

    Covarde, já votei nos dois, Ciro e Cid, agora única mais também!

  • Silvano Bastos Borges disse:

    Basta o Lula estalar os dedos… Cobraremos a promessa de que abandonaria a política, caso o Bolsonaro vença. Chega dos mesmos coronéis de sempre.

  • Silvano Bastos Borges disse:

    Basta o Lula estalar os dedos… Cobraremos a promessa de que abandonaria a política, caso o Bolsonaro vença. Chega dos mesmos coronéis de sempre..

  • RANGEL BRASIL disse:

    O PTitanique, hoje AFUNDA de VEZ. E o CIRO não quer ter a FAMA de RATO. Aqueles que ABANDONAM o NAVIO primeiro.

  • Daniel disse:

    Esse aí tá rezando para o próximo governo eleito, seja qual for, piore a situação e ele possa posar de salvador em 2022.

  • Rosilda disse:

    Verdade,o Brasil tá cheio de divisões.precisa de alguém tem sábio e inteligente pra melhorar o país .

  • MARIA disse:

    Até hoje eu respeitava Ciro Gomes como Político e sua forma cearense de ser. Daqui pra frente eu vou ignora-lo como ele ignorou a Democracia do Brasil.
    Uma posição política, ou o desejo de ser Presidente não pode nunca ser maior do que o que se deve fazer. Digo isso porque eu o considerava educado no sentido de esclarecido historicamente. No entanto, o que vejo é um homem que não possui maturidade emocional nenhuma, sendo tão irresponsável ao ponto de abandonar seus eleitores (pobres e de classe média que ascenderam no Governo do Presidente Lula), que de tão ignorantes, nunca contradição angustiante, hoje estão voltando no Bolsonaro.
    Ah! Senhor Ciro Gomes, o Senhor agiu errado e não vamos esquecer, pode acreditar!
    Parabens a Cid Gomes, que numa atitude humilde e consciente foi adesivar carros nas Avenidas. Não é a toa que hoje ele é nosso SENADOR\.

  • Abandonou a canoa furada do Pt que se enterrou com o poste do presidiario Lula.Petistas, fujam pra Venezuela.Essa gente nao quero mais no meu pais

  • Luiz disse:

    Ganhando ou não, Haddad sai fortalecido para próxima eleição. O Ciro, sem noção, se escondeu, virou Marina, Morreu.

  • Marinaldo Soares Chalegre disse:

    Ciro Gomes é um covarde e sua decisão vai enterrar sua imagem de democrático ao esquecimento. Perdeu a oportunidade de se colocar como a principal oposição nas próximas eleições. Uma pena!!

  • Antonio disse:

    Eba, vamos nos livrar desse aí.

  • FELIPE disse:

    Parabéns Ciro, PT nunca mais!

  • Luiz disse:

    Vencendo ou não, Haddad sai fortalecido. Ciro, escondido, virou Marina. Morreu

  • Jorge disse:

    Esse aí depois que a raivinha passar, volta a ser capacho do PT, certeza!

  • Denia Santana disse:

    Concordo com ciro

  • Neusa disse:

    Espero que nunca mais vc se candidate há um pleito a nível nacional. Se o fizer espero estar viva pra fazer campanha, abertamente, contra vc. Tenho 65 anos; eu vi a Ditadura. Eu nunca fui PT, mas fiz campanha com medo do que esse louco possa fazer no país.

  • Tião Ferreira disse:

    Se fosse o “Bozo” a sair com uma camiseta dessa, seria acusado de atentado ao pudor, por causa do gesto representado, além e ser taxado de proctologista, eletricista, taxista, e todo aquele mimimi mimimimal mimimimoso mimimizento.

    Quanto a Ciro Gomes, ele não é besta, vai atualizar o repertório de planos, arejar a mente e fazer uma oposição meticulosamente planejada, evitando ataques pessoais e tentando mostrar que FARÁ em 2023 o que o “coiso” não fará (na opinião dele, claro). Afinal, terá quatros anos para se preparar para isso. 🙂

\

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *