Política

Governador Camilo Santana diz que motivo do desligamento da Dra. Mayra deve ser questionado à cooperativa

5262 7

O governador Camilo Santana (PT) se esquivou de comentar o desligamento da dra. Mayra Pinheiro do Hospital Geral de Fortaleza (HGF). Adversária política do petista, a médica foi informada pela cooperativa que presta serviço à Saúde do Estado da decisão. Ela criticou a medida, alegando motivação política por parte da instituição. Nesta quinta-feira, 31, o governador disse que é a entidade que deve comentar o caso, não ele. “Essa servidora não é concursada do Estado, a cooperativa que tem de dar satisfação”, disse.

Mayra Pinheiro foi candidata ao Senado Federal neste ano. (Foto: Alex Gomes/O Povo)

A polêmica surgiu na última quinta-feira, 29, quando a política revelou o desligamento. Em entrevista ao Blog Política, Mayra afirma que sua saída caracteriza abuso de autoridade e de poder político, além de representar tentativa de intimidação. “Faz cinco anos que eu denuncio as mortes em hospitais e essa coisa indigna que se chama ‘corredor de hospital’”, diz a médica. Segundo Mayra, este comportamento custou sua saída.

Recomendado para você

7 Comentários

\

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *