Política

“Chega de se criar polêmicas e crises! Não é o que o Brasil precisa neste momento”, pede Camilo Santana

2191 13

O governador Camilo Santana (PT) criticou as últimas polêmicas envolvendo declarações do presidente Jair Bolsonaro (PSL). Sem citar nominalmente o chefe do Executivo nacional, o petista “apelou”: “Chega de se criar polêmicas e crises! Não é o que o Brasil precisa neste momento”.

Em publicação nas redes sociais, o governador ressaltou que o País enfrenta tempos difíceis. “Falas e ações que beiram a insanidade e parecem buscar a banalização do absurdo. Posições extremas e de intolerância que não levam a absolutamente nada”, disse.

Camilo Santana ressaltou ainda que sempre defendeu o diálogo e o respeito às diferenças em prol do melhor para o Ceará. “Sou um defensor intransigente da democracia, do fortalecimento das instituições e da liberdade de imprensa. Serei sempre”, afirmou antes de “apelar ao bom senso”.

Ele lembrou ainda que há cerca de 13 milhões de desempregados no Brasil. “Continuarei combatendo o bom combate contra tudo o que ameaça nossa jovem democracia. O nosso país e nosso povo merecem muito mais”, concluiu.

Bolsonaro

Desde a segunda metade do mês de julho, Bolsonaro tem acirrado o discurso, atacado opositores e divulgado mentiras. No último dia 17, o alvo foi filme sobre a história da ex-garota de programa Bruna Sufistinha. No embate, o presidente defendeu a extinção da Agência Nacional do Cinema (Ancine). No dia seguinte, colocou o nome do filho Eduardo Bolsonaro (PSL) como candidato a embaixador do Brasil nos Estados Unidos. Ele disse que pretende sim beneficiá-lo. “Se eu puder dar um filé mignon pro meu filho, eu dou”, afirmou.

No dia 19, questionou dados científicos do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe) sobre áreas de desmatamento na Amazônia. Ele também disse que falar que se passa forme no Brasil “é uma grande mentira”. À época, mentiu ao afirmar que a jornalista Míriam Leitão integrou a luta armada contra a ditadura.

O presidente ainda chamou governadores do Nordeste de “paraíba” ao tentar atacar o chefe do Executivo do Maranhão, Flávio Dino (PCdoB). Episódio em que o governador Camilo Santana também criticou o presidente.

Entre a última semana o início desta, Bolsonaro ainda disse que a questão ambiental “só importa aos veganos, que comem só vegetais”. Na declaração mais polêmica até agora, ele atacou o presidente da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB). “Se ele quiser saber como o pai desapareceu no período militar, eu conto para ele”, disse. Na última segunda-feira, 30, ainda classificou como “balela” relatórios da Comissão da Verdade e sugeriu que jornalistas perguntassem aos 57 mortos de um massacre no presídio de Altamira o que eles acharam.

Recomendado para você

13 Comentários

  • Amyr Feitosa disse:

    conversa para idiotas … o que fez o governador com os colegas do Nordeste? criaram um ridículo grupo para criar mais problemas acordando a insensatez e insanidade … mas se tem razão em parte será que perguntou se seus patronos concordam?

  • Alberto t disse:

    Chega de ir tomar a benção e ouvir conselho do maior Ladråo da humanidade, o luladrão.

  • Carlos disse:

    Mentira foram vcs que passaram 15 anos enganando nosso querido povo ! Ele só falou a verdade !

  • Ronald Lima disse:

    Depois daquela sua viagem ao cacique mor, vc também já se queimou geral, pelo menos comigo!!! Tava indo até bem votem em V excelência e tudo mais, mas já foi. Aquela viagem e o discurso de candidato a alguma coisa já foi!!!!

  • Jefferson disse:

    Qualquer voz sensata é bem vinda. Mas a interdição e o impeachment se tornam caminhos cada vez mais inevitáveis

  • luiz da silva disse:

    Dizer que Bolsonaro, anda falando pelos cotovelos. Algumas coisas, tudo bem. Existe um pouco de excesso. Mais também a mídia (vocês) gostam de distorcer as declarações do presidente. Uma delas, é, quando ele fala dos presos mortos em conflito ente si, no Pará. Quando faz um resumo, em que o presidente fala apenas assim: “sugeriu que jornalistas perguntassem aos 57 mortos de um massacre no presídio de Altamira o que eles acharam”. Qual o sentido dessa frase, para o leitor?. O leitor, leigo, inocente com a mídia, que ele confiou, com certeza vai acreditar no que estar lendo. Chega, de querer dar vez a bandidos. Bolsonaro foi o único presidente na história desse país, que prometeu, em campanha e tá cumprindo, combater os bandidos e corruptos.

  • Chico Caucaia disse:

    Visitar Lula na cadeia pode kkkkk
    Receber as ordens de um prisioneiro é de lascar pro governador

  • JOAO MACIEL JUNIOR disse:

    Esse é o nosso governador ,um homem sensato, democrata, nem parece esse insignificante que está na cadeira de presidente de nossa pátria, arrogante , prepotente que não respeita nem a memória dos mortos.

  • dino rangel disse:

    kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk, acho é engraçado a corja do pt no qual ele faz parte é a que mais faz confusao, vai governar camilo, esquece o lula, ele ta preso!

\

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

dois × um =