Política

Disputar reeleição nunca foi plano, afirma presidente da OAB-CE

Marcelo Mota. (Foto: Divulgação)

O presidente da OAB Ceará, Marcelo Mota, afirmou em entrevista ao Blog Política que disputar reeleição nunca foi projeto pessoal.  “É uma faculdade que nós temos, de ter (outros) candidatos à reeleição”, declarou. Apesar da afirmação, Mota cogitou disputar novamente o posto, mas retirou candidatura.

O novo presidente da entidade será definido no próximo dia 28, quando será realizada eleição. O vencedor do pleito comandará a organização no triênio 2019-2021. Mota apoia o presidente da Caixa de Assistência dos Advogados do Ceará (Caace), Erinaldo Dantas.

“Eu não tenho a menor sombra de dúvidas que Erinaldo é o mais preparado. Advogado extremamente qualificado, militante, professor de direito. (…) Por essas razões e pelo caráter dele, é o candidato mais preparado que vai estar aqui”, credenciou o companheiro.

À exceção de Dantas, a gestão de Mota foi criticada por todos os outros quatro adversários (leia no link). Entre eles, a atual vice-presidente da gestão, Roberta Vasques, que lançou candidatura própria.

Mota contra-atacou. “Ela se distanciou da gestão. Quais foram as atitudes que ela teve nesses anos? Fizemos aqui dois movimentos de OAB itinerante, andamos pelo Ceará em subseções e ela não participou de nenhum”.

Disse ainda que responde os candidatos com os feitos de sua administração. Mencionou a criação do Tribunal de Defesa das Prerrogativas do Advogado e Valorização da Advocacia, do Centro de Apoio e Defesa do Advogado e da Advocacia e a nova sede da entidade, que fica na avenida Washington Soares.

 

 

Recomendado para você

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

17 − oito =