Política

Denúncia de André Fernandes contra deputado não tem provas e confunde e-sports com jogo do bicho

20104 18

André Fernandes repetiu acusação contra deputados estaduais (Foto: Divulgação)

Denúncia protocolada pelo deputado estadual André Fernandes (PSL) que trata de supostas relações de deputados com facções criminosas no Ceará não possui quaisquer provas e ainda confunde e-sports (modalidade esportiva de jogos eletrônicos) com jogo do bicho.

Apesar de sigilosa, a denúncia de três páginas apresentada pelo deputado ao Ministério Público do Ceará (MPCE) foi obtida pelo Blog Política. Na ação, Fernandes diz que já vinha recebendo denúncias contra o deputado Nezinho Farias (PDT), mas decidiu levar o assunto à Justiça após o mesmo parlamentar apresentar um projeto de lei que teria relação a essa acusação.

“Este parlamentar tomou conhecimento de que haveria algumas irregularidades envolvendo colega deputado da Assembleia Legislativa, supostamente envolvido com o fortalecimento de Facções Criminosas, inclusive com a lavagem de dinheiro por meio da realização de ‘Jogo do Bicho'”, diz a denúncia, que não inclui qualquer outro indício ou prova contra o parlamentar acusado.

“Ao perceber que o deputado Nezinho Farias protocolou o projeto de lei (…) percebeu-se que os fatos descritos acima haviam (sic) indícios de veracidade”, continua. Acontece que o projeto citado não fala de Jogo do Bicho, mas sim especificamente da regulamentação dos campeonatos de jogo eletrônicos (como League of Legends ou Fifa Soccer) como esportes no Estado.

Fernandes votou a favor do projeto em comissão

O curioso é que o projeto citado como indício de relação com facções criminosas recebeu voto favorável do próprio Fernandes na Comissão de Constituição, Justiça e Redação (CCJR) da Assembleia. Na tarde desta segunda-feira, a revelação do que foi levado pelo deputado ao MPCE causou revolta entre deputados, principalmente de Nezinho Farias. Ele convocou coletiva de imprensa para esta segunda para rebater as acusações.

Em nota, Nezinho Farias rejeitou a acusação e disse que o projeto destacado apena “aborda jogos de videogame e não dos jogos de apostas, esse último ilegal e repudiado” pelo deputado. “O objetivo da proposta é incentivar a profissionalização, a geração de emprego e a boa convivência e a cidadania, além da prática educativa, esportiva e cultural por meio dos jogos eletrônicos”.

A denúncia de André Fernandes foi apresentada ao MPCE na última sexta-feira, 14, um dia após o deputado ser acionado no Conselho de Ética da Assembleia por falar sobre a existência de deputados ligados a facções na Casa. Parlamentares condenaram o caráter “genérico” das acusações, cobrando que o deputado citasse nomes e detalhasse as acusações. Em resposta, ele protocolou denúncia endereçada ao procurador-geral de Justiça do Estado.

Recomendado para você

18 Comentários

  • Marcelo Amaral disse:

    É tão inteligente quanto o papai Bolsonaro. Cassação do mandato, já!

  • Chico Caucaia disse:

    A polícia federal deve investigar a denúncia.
    Onde há fumaça deve existir fogo.

  • Chico Caucaia disse:

    Classe política não está isenta de investigação
    Até porque os maiores roubo é extremamente nesta classe
    O dinheiro público sendo desviado

  • Celio Augusto Tavares e Sales disse:

    Esse fedelho tem muito que aprender. Fico pensando como é que um eleitor dá voto a um menino desses.

  • Paulo Laerte Rocha Gurgel disse:

    Jornalista formando opinião? Não acuso nem defendo ninguém ainda. Mas, façamos uma matéria menos tendenciosa.

  • josy disse:

    jornalista virou advogado de defesa??

  • Esse aí tem tudo para ganhar o título de pior parlamentar da nossa Assembleia. Um babaca eleito pelo voto da mediocridade, deve responder pela irresponsabilidade do seu ato, inclusive com a possibilidade de cassação do mandato. Vamos ver se tem gente seria no nosso parlamento estadual a partir dos próximos capítulos desta história esquisitíssima.

  • Pedro disse:

    A investigação solicitada deve ser processada pela policia. Todos são iguais perante a lei e quem nao deve não twme. Investiga ja.

  • Rodrigo disse:

    Deputado André Raspaku só protocola denuncia vazia e conspiratória. Lixo esse André, como conseguiu se eleger? Quem foram os eleitores desse pulha?

  • Thales Augusto Xavier De Souza disse:

    Vergonha esse deputado, além de ter votado aprovando a proposta da qual ele justamente propôs denuncia, mais tarde ele prova que além de ter votado sem ler a proposta, ele tb abre denuncia sem ler ou entender tal projeto.
    Vergonha a bancada do PSL vem passando, muitos candidatos despreparados conseguiram embarcar no barco do Bolsonaro.

  • Gerardo Ferreira disse:

    Meu Deus, mandem esse menino estudar, sujeito sem noção nenhuma, como pode um incapaz desses ser o deputado estadual mais votado do estado. PQP

  • Miguel Lima disse:

    André Fernandes medíocre que apenas faz valer os votos de onde veio, do povo acéfalo iletrado imbecilizado que elejeu essa aberração. Cassação já!

  • Lucimar disse:

    Esse idiota deveria era ser expulso da bancada dos deputados.

  • Com um jornal desses, bandido nem precisa de advogado.

  • Ubuntu disse:

    Pelo menos os eleitores dele sabem raspar o ku

  • Leonardo disse:

    O tal deputado bolsonarista é tão analfabeto que acusa o colega de envolver-se com “lavagem de dinheiro por meio da realização de Jogo do Bicho”. Pergunto: como é que se lava dinheiro por meio de uma atividade que é considerada ilícita? O inútil não sabe nem do que trata o tipo penal da lavagem.

    Ademais, a lei que proíbe o Jogo do Bicho é federal, a assembleia legislativa não poderia regulamentar a atividade, nem mesmo se quisesse.

    Todo bolsonarista é burro.

\

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *