Política

Presidente do PSL de Massapê diz que nunca foi preso nem usou tornozeleira

O presidente do PSL de Massapê, Diego Cavan Marques, afirmou ao Blog Política que nunca esteve preso e nunca usou tornozeleira eletrônica. “Estou sendo vítima de perseguição por pontuar como um pretenso nome a prefeito da cidade”, alegou. Ele adiciona ainda que nunca usou tornozeleira e apresentará documento que comprove isso. Ele foi indagado sobre o tipo de apropriação indébita, mas não detalhou.

O Blog Política mostrou mais um documento a Cavan, no qual consta a própria assinatura dele, que aponta uso de equipamento de monitoração. O teor da defesa de Cavan seguiu sendo o mesmo. Ele prometeu ainda que apresentará documentos que comprovem a versão expressada.

No site do Tribunal de Justiça do Ceará (TJCE), contudo, consta trecho da decisão proferida contra ele: “Aos vinte e sete (27) dias do mês de março do anos de dois mil e dezenove (2019), no Fórum Judiciário desta 1ª Vara da Comarca de Massapê, do Estado do Ceará, foi feita a soma das penas relativas às Sentenças Condenatórias prolatadas em desfavor do réu DIEGO CAVAN MARQUES, brasileiro, solteiro, estudante, filho de Maria Carmélia Marques, residente.”

Prossegue o texto: “Ante o exposto, determino a substituição do recolhimento prisional do apenado pelo recolhimento(ou prisão domiciliar), com o devido monitoramento eletrônico, sob as condições do regime em que se encontra submetido, a serem explicitadas por ocasião da audiência admonitória.

Confira o documento: