Política

Domingos Filho diz que entrou com ação criminal por calúnia contra deputado

O ex-deputado Domingos Filho (PSD) rebateu os ataques do deputado estadual Leonardo Araújo (MDB) na sessão da Assembleia Legislativa. “Isso é coisa orquestrada tão somente em função desse sufoco político que se está tendo. Está sendo usado como pistoleiro verbal”, disse ao Blog Política.

Assista aqui à sessão ao vivo

Mais notas e bastidores da sessão

Domingos afirma estar tranquilo quanto à postura dele, da mulher, deputada Patrícia Aguiar, e do filho, deputado federal Domingos Neto, ao longo da vida pública. Ele afirma que na trajetória, incluindo período como presidente da Assembleia Legislativa e vice-governador, não tem uma conta desaprovada. Patrícia, ele acrescenta, três vezes prefeita de Tauá e secretária do Turismo de Fortaleza, não teve nenhuma conta desaprovada. Domingos Neto, que foi coordenador da Copa do Mundo, ele também aponta que teve contas aprovadas.

Ele afirma que não há nenhum processo julgado contra nenhum deles.

Ele afirma que o julgamento ao qual Araújo faz referência, relacionados às contas como vice-governador, seria pela não realização de concurso na Assembleia. O julgamento não terminou, ele aponta, e está em dois a um pela aprovação das contas. Segundo Domingos, o problema da não realização de concurso se refere a todos os presidentes anteriores – inclusive ele próprio, que teve contas aprovadas sobre o ano anterior, quando não houve concurso também.

Sobre acusações de venda de sentença, venda de emenda contra a família, Domingos disse que entrou com ação criminal por calúnia. “É tudo mentira, criminosamente. Tenho vida limpa, honrada”.

Ele afirma que Araújo age por “desespero de natureza politica”.

“Ele não tem nenhuma representatividade nos Inhamuns. Foi deputado e teve dois mil e poucos votos em todos os Inhamuns. Não tem disputa lá”.

Domingos diz que o problema seria que “seu partido (MDB) está com enormes dificuldades” e por “queixumes de eleições passadas”.

Recomendado para você

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *