Política

Candidato a prefeito de Iguatu, Agenor Neto é alvo de busca e apreensão da PF

(Foto: Divulgação/PF)

A Polícia Federal (PF) cumpriu nesta sexta-feira, 6, mandado de busca e apreensão no escritório de Agenor Neto (MDB), deputado estadual e candidato a prefeito de Iguatu. Nota oficial da PF fala em “utilização de milícias” para coagir voto de eleitores. “Foram apreendidos diversos documentos e materiais de informática. Até o momento não houve prisão.”

Acompanhe a cobertura das Eleições 2020 pelo Blog Política

Recomendado para você

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *