Radar do Comércio

Ações do empresariado fomentam o desenvolvimento do turismo no Ceará

Turismo no Ceará: foto mostra a orla da Praia de Iracema, em uma imagem aérea do mar, da faixa de areia e de vários prédios altos.

É a partir do Cetur que a Federação coloca em pauta os principais temas do turismo no Ceará (Foto: Shutterstock)

Os cearenses sabem receber e são reconhecidos por isso. O Estado, que possui 573 km de costa do mar, serra e sertão, e ainda tem um povo acolhedor, só poderia ter entre suas principais vocações o Turismo. Prova disso é que o Ceará foi eleito, em agosto deste ano, como o melhor destino na categoria “destino nacional” pela última edição da Aviesp Expo.

Famoso por suas belas praias, o turismo no Ceará vai além da orla marítima, acompanhando a pluralidade que o Estado possui. Tem o friozinho das cidades serranas, os encantos do sertão, rios, mangue, cachoeiras, as delícias gastronômicas e a uma cultura tão diversa que merece, com certeza, um capítulo à parte.

O Sistema Fecomércio Ceará é um dos principais fomentadores do turismo no Estado, quando provoca debates e pesquisas, através do Conselho Empresarial de Turismo e Hospitalidade da Fecomércio-CE (Cetur), e ainda quando investe em cursos de qualificação para o setor, através do Senac e cultura e lazer, através do Sesc.

É a partir do Cetur que a Federação coloca em pauta os principais temas do turismo no Estado. O Conselho realiza encontros, debates e articula parcerias com outros órgãos para a interiorização do turismo no Ceará. Recentemente, o Conselho participou de dois grandes eventos para o setor: Associação Brasileira de Agências de Viagens (ABAV) e Brazil Travel Market (BTM), um dos maiores eventos B2B do turismo.

A Fecomércio Ceará fez parte do Comitê Estadual de Enfrentamento à Pandemia do Governo do Estado, participando de todas as decisões e criações dos protocolos sanitários e etapas de reabertura das atividades comerciais.

O esforço por uma retomada segura e positiva vem dando resultado. Segundo dados divulgados pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) em outubro, o volume de atividades turísticas cearense avançou 5,1% no mês de agosto. Foi a quinta taxa positiva seguida, acima da média nacional (4,6%) e o terceiro melhor desempenho no Brasil.

O Sistema Fecomércio faz parte da construção desse resultado. Através do Senac, a instituição oferta cursos voltados para a formação de mão de obra qualificada para o setor, além de fazer parte do projeto Rotas Turísticas do Sebrae, ofertando cursos gratuitos de qualificação e, assim, preparando os profissionais de acordo com as atividades essenciais de cada região.

Na cultura, a contribuição é imensurável. Um exemplo disso, é o trabalho encabeçado pelo Sistema Fecomércio, através do Sesc, que culminou na criação da rede de Museus Orgânicos. O projeto ressignifica as casas dos Mestres da Cultura do Ceará, transformando-as em lugares de memória afetiva com possibilidade de visitação e movimento do turismo local.

Até agora, são oitos Museus Orgânicos, incluindo o Museu Casa de Telma Saraiva, inaugurado durante a 23° edição da Mostra Sesc Cariri no último mês de novembro, todos situados na região do Cariri. A ideia é criar uma rota de visitação guiada aos museus, para os turistas que querem conhecer mais sobre a cultura raiz do Ceará.

Iniciativas como essa são sempre importantes, tendo em vista tanto a valorização da cultura local quanto a possibilidade de geração de renda em cidades mais afastadas da Capital. No entanto, neste momento de retomada da economia, esses projetos se tornam ainda mais essenciais, servindo também como impulsionadores econômicos dentro dessas localidades.

LEIA MAIS | Senac Ceará e Assembleia Legislativa firmam parceria para qualificação profissional

Recomendado para você