Radar do Comércio

Xô sedentarismo! Veja atividades físicas para quem não gosta de academia

atividades físicas: na imagens, mulheres praticando yoga

Com a proposta de trabalhar corpo, mente e espírito, o yoga é uma das alternativas na hora de escolher atividades físicas. (Foto: Unsplash)

Enquanto para algumas pessoas não existe vida sem ir para a academia, para outras, só de ouvir palavras como treino e musculação já bate um desânimo. É completamente normal que nem todo mundo se identifique com as mesmas atividades, mas isso não precisa ser motivo para não se exercitar. Afinal, movimentar o corpo é muito importante para a saúde e existem muitas alternativas para quem não gosta de academia.

De acordo com o profissional de educação física Yuri Dourado, professor de yoga do Sesc, todas as atividades físicas trazem benefícios: “Existem aquelas que vão estimular mais o corpo e outras que estimulam mais a mente, mas em ambos os casos há evolução mútua”, explica. Entre os principais benefícios da prática regular de atividades físicas, estão a redução do risco de doenças cardiovasculares, melhoria na qualidade do sono, auxílio no controle do peso e no combate a problemas como ansiedade e depressão.

Mas, como escolher uma atividade física? Yuri ressalta que é importante levar em conta o fator identificação, “considerar se estamos realmente interessados em fazer aquela atividade, se vai ser algo que me motiva a se movimentar”. Isso porque, independente do tipo de exercício, a chance de abandonar a prática se torna bem menor assim. “Tem gente que tem mais afinidade por atividades de força e outros que preferem atividades mais tranquilas e restaurativas. O importante é saber se realmente queremos fazer aquilo. Ao descobrir o interesse, permanecer e se dedicar a atividade se torna muito mais fácil”, reforça.

Pensando em quem quer começar a fazer uma atividade física, mas não gosta de academia, aqui vai uma lista com seis alternativas para agradar diversos perfis:

Yoga

Muito mais que uma atividade física, o yoga surgiu na Índia e tem mais de cinco mil anos de história.  A prática propõe a união do físico, mental e espiritual em exercícios que tanto alongam, fortalecem e relaxam o corpo quanto trabalham a concentração, o autoconhecimento e o equilíbrio.

Capoeira

Misturando luta, dança e música, a capoeira é uma expressão da cultura negra no Brasil e vai muito além de uma atividade física. Com movimentos ágeis e complexos, a prática da capoeira traz uma série de benefícios, como fortalecimento muscular, desenvolvimento cardiorrespiratório, noção de espaço e de ritmo e queima calórica.

Muay Thai

Quem gosta de atividades mais agitadas e está em busca de algo que faça queimar muitas calorias pode se interessar pelo muay thai. Também chamada de box tailandês, a prática é uma luta que envolve o uso de punhos, cotovelos, joelhos, canelas e pés, trabalhando o corpo todo. 

Judô

De origem japonesa, o judô é uma arte marcial que também propõe o trabalho integrado entre corpo, mente e espírito. A prática trabalha técnicas de defesa pessoal e tem como princípio utilizar a força do oponente contra ele, proporcionando tanto preparo físico quanto o desenvolvimento do equilíbrio emocional. 

Caratê

Outra arte marcial japonesa, o caratê também tem influências da arte de guerra chinesa. Ele foi desenvolvido a partir de um conjunto de técnicas de defesa pessoal sem o uso de armas, contando apenas com o próprio corpo. Além de trabalhar aspectos físicos, como a força e a coordenação motora, o caratê ajuda a desenvolver habilidades como a paciência e a disciplina.

Aerobike

Ótima opção para quem busca exercício intenso com alta queima calórica, a atividade é feita em bicicletas fixas que simulam bicicletas de corrida. É indicado para quem tem joelhos e coluna saudáveis e proporciona um ótimo treinamento cardiovascular, trabalhando para o fortalecimento muscular, condicionamento aeróbico e emagrecimento.

Além de encontrar uma atividade da qual realmente goste, Yuri dá mais uma dica para ajudar a continuar motivado e não abandonar os exercícios: “Buscar uma rede de apoio com amigos e familiares que, sem cobranças ou pressão, te estimule a permanecer na atividade expandindo seus horizontes”.

Todas essas atividades físicas e muitas outras podem ser encontradas no Sesc, que também conta com profissionais capacitados para orientar os alunos a realizar os exercícios da forma mais adequada para sua saúde. 

Clique aqui e saiba mais sobre as atividades físicas do Sesc Ceará.

LEIA MAIS | Cursos de qualificação e aperfeiçoamento podem ajudar na transição de carreira

Recomendado para você