Ancoradouro

Playboy Portuguesa Fechada

Confirmado: A Vice-presidente da Playboy entreteniment Theresa Hennessy, rescindiu contrato com a Frestacom, responsável pela publicação portuguesa da revista. Segundo Hennessy, em nota publicada no site Gawker -mencionado na edição online do jornal Correio da Manhã – a diretoria não teve conhecimento prévio da publicação lusitana na qual apresenta a foto de mulheres nuas, inclusive, beijando-se, ao lado de um homem vestido de Jesus Cristo.

Confira notícia publicada no Correio da Manhã, versão online.

A  Frestacom nega a informação e diz que já está trabalhando na próxima edição da revista.

Fato é que a publicação foi uma agressão desnecessária e gratuita  à Fé de milhares de católicos de Portugal. Sob pretexto de homenagearem o escritor português José Saramago uniram escárnio e desrespeito. É justo que manifestações de repúdio sejam feitos à edição da revista.

Nesta tarde, dia 8, os sites de notícias publicaram o fechamento da edição da Playboy portuguesa para a alegria dos católicos.