Ancoradouro

Vergonha:Beijo gay permitido em novela eleitoral

Horário eleitoral gratuito é tudo menos espaço para se apresentar as propostas dos candidatos ou aquele dispositivo que possibilitaria o eleitor conhecer melhor os concorrentes das diversas siglas partidárias.

No espaço reservado em horário nobre, o eleitor pode encontrar muita comédia que fica a cargo de candidatos como o palhaço Tiririca, declarante de ser a favor do nepotismo, prática condenada no país. E todos riem. E riem muito. Ainda mais ele rirá dos palhaços do lado de cá da telinha,caso ganhe as eleições.

Drama é outra boa pedida. Como não se emocionar com as super produções das coligações mais abastardas. Roteiros de deixar qualquer novelista preocupado quanto ao futuro no ramo. Alguns capítulos, digo, programas são  gravados inclusive em película 16. Coisa de cinema.

Outra categoria é a ficção. Um país sem classe ‘D’, melhorou a saúde, não existem mais analfabetos, encontramos o ouro do pré-sal. Os projetos governamentais são apresentados em versões virtuais. Os personagens falam de um Brasil cujo Second Life é admirável, todos sorriem, tipo os seriados americanos. Particulamente, um ranço de filosofia platônica arremessa-me irremediavelmente  no mundo das ideias, ao assistir  discorrerem sobre este Brasil que na realidade, no sentido estrito da palavra, não é assim.

Estatísticas mirabolantes, técnicas de convencimento são outras componentes também apreciadas no horário. Tem horas, no entanto, que elementos da vida real interferem na ficção e esta torna-se um modelo para a realidade. Explico-me. O TRE de São Paulo permitiu, por exemplo, exibição de beijo gay no programa do Psol. Glória Perez deve ter exultado, façanha que a autora global não conseguira mostrar em seu folhetim.

Recorde-se do horário em que será veiculado o asco beijo, entre 20h30 e 21h30. O horário é conveniente? Quem poderá responder a questão? A minoria gay festeja a decisão do Tribunal. Uma maioria fica indiferente e outros, entre os quais me incluo, sentem uma profunda vergonha. De tudo. Da política, da decisão, deste formato medíocre de campanha eleitoral que em nada esclarece, mais confunde.

Eu não acredito em candidato estandarte da cosmética cujo conteúdo é nada, é roteiro de marqueteiro. E para você que já pensa ter visto tudo nestes programinhas  de pura embromação da massa o ANCORADOURO plugou um vídeo da candidata ao Governo de Santa Catarina pelo Partido dos Trabalhadores, Ideli Salvatti. Duas observações sobre o vídeo.

Primeiro: Não fosse pela época e horário de exibição o programa bem passaria por um daqueles de turismo.

Segundo: Além da minha gostaria que o programa despertasse a “ira” do setor jurídico da Rede Globo. Cenário, enquadramento e até o Louro José, do programa Mais Você da emissora carioca  são  plagiados pela petista.

Assista ao vídeo:

[youtube]http://www.youtube.com/watch?v=1vNYaODxWCc&feature=related[/youtube]

Recomendado para você