Ancoradouro

Não é bonito ser feio

/ancoradouro/2012/08/04/nao-e-bonito-ser-feio-3/
276 2

A imagem abaixo  não é montagem, é real. Uma mexicana orgulha-se de ostentar  o título da mulher das Américas  que mais

Imagem: AFP

fez modificações no corpo. Além das tatuagens que cobrem, inclusive, seu rosto e dos piercings, ela implantou  vários chifres na testa, modificou os dentes trocando os normais por pontiagudos lembrando a imagem de um vampiro.

Maria Jose Cristerna se identifica como mulher vampira e parece que nunca o ouviu o ditado “não é bonito ser feio”.

Em tempos de relativismo voraz o próprio corpo não é entendido como um espaço de respeito, mas como um instrumento nas mãos dos modismos. Infelizmente cresce o números dos adeptos de modificações grosseiras nos próprios corpos. Apartados do conceito de beleza valorizam o feio e buscam perenizá-lo em si.

Recomendado para você