Ancoradouro

Casos de corrupção no Brasil viram motivo de vergonha internacional, afirma senador Eduardo Girão

“Percebi que essa vergonha já não é mais nacional: é internacional.” Foi assim que o senador cearense Eduardo Girão (Podemos) classificou os escândalos de corrupção do país e os ataques, em pronunciamento sobre a repercussão no exterior do trabalho realizado no Senado Federal em defesa da Operação Lava Jato e do combate à corrupção.

Senador Eduardo Girão (Podemos).

Girão participava de uma sessão deliberativa na última terça-feira (1º), quando destacou o tema. Ele detalhou que participou no fim de semana da “Brazil Expo Flórida 2019”, feira de empreendedorismo liderado por brasileiros em Fort Lauderdale, cidade na costa da Flórida, nos Estados Unidos. O evento registrou a presença de nomes importantes como o cônsul-geral do Brasil na Flórida, João Mendes Pereira.

“Esse clamor tem ultrapassado o território nacional: esse clamor por uma justiça maior no Brasil, esse clamor pela defesa da Operação Lava Jato, esse clamor pela CPI da Lava Toga. Tive a oportunidade de conversar com vários brasileiros lá. Eles estão acompanhando tudo o que nós estamos fazendo aqui, tudo, o trabalho de cada um, as votações. Fiquei feliz com isso!“, ressaltou o senador. Para ele, há preocupação dos brasileiros com o avanço das instituições e da política no país, principalmente no que diz respeito à transparência e combate à corrupção.

“As pessoas estão cada vez mais preocupadas e apostando no futuro da nossa Nação. Essa questão da CPI da Lava Toga é algo urgente. Precisamos fazer alguma coisa, e não vamos deixar de lutar pelo que é certo, pelo que é correto”, destacou.

Recomendado para você