Artesanato da Mente

Não siga sempre em frente

355 1

DSCN2396

Recentemente ouvi uma pequena estorinha muito linda em uma das palestras da querida Monja Coen. Ela fazia o seguinte questionamento, baseado nos grandes sábios do Japão:

“Como você faria para andar reto por uma estrada cheia de curvas?”

Difícil não é? Bem! Quando ela falou isso eu saquei na hora o significado deste questionamento: “Simples! Basta que eu esteja ATENTO às curvas, para andar sempre em frente fazendo as curvas do jeito que elas aparecem no caminho…”.

E então foi mais ou menos o que ela disse como sendo talvez a “moral da estória”.

Apesar de curtinha, essa estória é riquíssima de ensinamentos para nós!

A vida em todos os aspectos nunca, JAMAIS, é uma linha reta! Sempre existem curvas que devemos aprender a transitar em paz e harmonia!

Muitas pessoas sofrem demais porque são TEIMOSAS e querem transformar uma curva em uma reta. São controladoras ao extremo e ficam pilhadas quando algo sai do script. Sinto lhe dizer, mas se você for essa pessoa, é bom mudar, porque você só vai se desgastar e talvez até mesmo somatizar uma doença no seu corpo.

A vida exige de nós FLEXIBILIDADE e ACEITAÇÃO. E como sempre digo, um dos grandes ingredientes para se conquistar essas virtudes é a GRATIDÃO. Ela anda de mãos dadas com a aceitação e com a flexibilidade.

Inclusive tem até uma frase do livro “O pequeno príncipe” que lembro quase diariamente e diz assim:

Quando a gente anda sempre para frente, não pode mesmo ir longe”

Ela fala sobre esse tema tratado nesse texto. Em um texto mais antigo do blog eu fiz uma abordagem mais minuciosa dessa linda frase. Se quiser ler basta clicar [aqui].

Quem anda sempre em frente são as pessoas TEIMOSAS, CABEÇA DURA e extremamente RESPONSÁVEIS.

Só a título de informação. Sabe qual é a etimologia da palavra PLANEJAMENTO? Uma palavra extremamente bem quista não é mesmo? Ela significa “aquilo que é plano”.

Ou seja, sempre que eu planejo algo, espero que esse algo seja plano, transcorra de um jeito que não me leve a desgastes ou surpresas. Mas a vida chega nessa hora dando uma rasteira para lhe mostrar que nem sempre é como a gente quer.

Como diria o Dinho Ouro Preto na sua música “Não olhe pra trás” – “Nem tudo é como você quer, nem tudo pode ser perfeito. Pode ser fácil se você ver o mundo de outro jeito…”.

Então estou, ao contrário do que muitos falam, lhe incentivando a não ser tão rigoroso assim com seus planejamentos. Entenda bem. Os planejamentos são extremamente importantes. A gente precisa planejar tudo na nossa vida, mas com EQUILÍBRIO, nunca exagerando na dose de nada, sabe?

Estou alertando para o RIGOR, para a SERIEDADE. Relaxe! Pra que fazer as coisas desse jeito tão sério? Há espaço para brincadeira, para diversão, para menos cobranças, basta que você enxergue comigo. Ou, complementando a música, basta que você: “discorde comigo, não é nada demais…”!

[youtube]https://www.youtube.com/watch?v=pMGPz8x8wMU[/youtube]

Enfim! A mensagem é bem simples e direta. Procure tirar da sua cabeça que ir sempre em frente não é a melhor opção. A gente precisa estar bastante atento para as curvas do caminho, e quando se deparar com as adversidades, saber fazer essas curvas sem se desestruturar, sem se desesperar, sem ficar achando que as coisas não vão dar certo!

Se quiser continuar refletindo um pouco mais sobre isso, gravei um breve áudio falando um pouco sobre esse tema tão importante através da frase do Saint Exupéry que citei acima. O link segue abaixo. Vale a pena dar uma ouvida!

Paz e luz!

ÁudioAs curvas do caminho

Recomendado para você