Blog do Vozão

Desfalques consideráveis

990 68

Ricardinho será desfalque por pelo menos três semanas (Foto: Cearasc.com/Divulgação)

Em competição longa é natural que jogadores desfalquem seus times por alguns jogos, seja por conta de contusão, seja por conta de suspensão, afinal serão 38 jogos e oito meses de duração. Por isso, se faz necessário formar um elenco forte, com peças de reposição a altura.

Infelizmente esse tipo de problema chegou a Porangabuçu bem antes do esperado. Tem quem diga que, se esse tipo de problema é pra vir, que seja agora, pois serviria com um alerta e um recado para a diretoria ao estilo “abra o olho”.

Já iniciamos a competição sem Pedro Ken, jogador fundamental e que cumpria muito bem sua função dentro do esquema adotado por Chamusca, mas com a entrada de Juninho o time não sentiu tanto. Agora as ausências ficaram por conta de Richardson e Ricardinho, dois jogadores fundamentais que desfalcarão o time nos próximos três jogos, que serão nada mais, nada menos contra São Paulo, Flamengo e Corinthians. Ao contrário do que ocorreu com a ausência de Pedro Ken, a continuar assim, mais uma vez Chamusca terá dificuldade para montar o time de maneira que não venha a sentir tanto as ausências de Richardson e Ricardinho.

Sei que não se pode sair contratando jogador ao léu, mas é extremamente importante que a contratação de novos jogadores aconteçam antes que a situação venha a ficar complicada, ou seja, que venham para prevenir e não para remediar.

Com exceção de Tiago Alves e Arnaldo, iniciamos uma competição fortíssima com é a Série A praticamente com o mesmo elenco que disputamos o campeonato estadual, que convenhamos, não é parâmetro pra muita coisa.

Espero que a Diretoria saiba o que está fazendo e que entenda que disputar uma Série B é bem diferente de disputar uma Série A.