Clube da Luta

Entrevista: companheiro de treino de Ronaldo Jacaré, Fabiano Jacarezinho sonha com chance no UFC

Fabiano Jacarezinho após vitória no Jungle Fight | Foto: divulgação

Fabiano Jacarezinho após vitória no Jungle Fight | Foto: divulgação

O Brasil se tornou um verdadeiro celeiro de atletas de artes marciais mistas. Fabiano “Jacarezinho” Silva é um dos lutadores que representa a nova safra do MMA brasileiro. O roraimense de 26 anos da X-Gym está trabalhando forte sob o comando de Josuel Distak para chegar ao UFC. “Todo dia espero essa oportunidade”, revela Jacarezinho.

Treinado com o “pelotão de elite” da X-Gym, como os lutadores Ronaldo Jacaré, Paulo Thiago, Erick Silva e Alan Nuguette, todos atletas do UFC, o roraimense se inspira nos companheiros de treino para vencer seus adversários dentro do cage.

“Eu sempre acompanhei o trabalho de todos eles (companheiros da X-Gym). O Jacaré me inspira muito, sempre observo a luta dele, pergunto para ele o que tenho que melhorar. Não tem coisa melhor do que treinar com campeões. O Jacaré está em outro nível”, conto Fabiano.

O atleta busca honrar em cada luta o apelido que ganhou por seu estilo no jiu-jitsu, semelhante ao jogo do multi campeão na arte suave e lutador do Ultimate, Ronaldo Jacaré. “Quando comecei a treinar jiu-jitsu, o pessoal falava que parecia muito com o jogo do Jacaré, de ir para frente sempre querendo finalizar. Então a galera acabou colocando esse apelido de Jacarezinho e pegou. Nas minhas lutas, procuro fazer jus ao apelido”.

Em sua última luta, Jacarezinho honrou o apelido e nocauteou Rivaldo Junior no primeiro round, no Jungle Fight 69. A vitória deve credenciá-lo como próximo desafiante ao cinturão do peso-galo da organização. O atleta espera a revanche entre o atual campeão Jonas Bilharinho e Mário Israel.

Jacarezinho em ação contra Patrick Tavares | Foto: divulgação

Jacarezinho em ação contra Patrick Tavares | Foto: divulgação

Dono de um cartel de 23 vitórias, seis derrotas e um “no contest”, Jacarezinho vem afiando ainda mais a parte em pé do seu jogo. O roraimense dá todos os créditos ao seu treinador, Josuel Distak, a sua evolução na trocação. “Trabalhar com o Distak, não tem nem explicação, ele conhece muito! Já treinou a seleção olímpica de boxe, esteve bastante tempo em Cuba fazendo treinamento específico de boxe. Eu era um atleta que colocava muito para baixo e, atualmente, posso trocar porrada com qualquer um. O Distak não passa apenas um treino de boxe, mas sim um treino de MMA. O boxe dele é específico para o MMA”.

O sonho de Jacarezinho é chegar ao Ultimate. O atleta acredita que tem um jogo diversificado e pode bater de frente com qualquer lutador do peso-galo. “Estou trabalhando duro para isso acontecer. A cada dia, treino mais duro e mais focado. Espero muito em breve representar o Brasil lá fora. Se o UFC me chamasse hoje, eu estaria preparado. Todo dia espero essa oportunidade”.

O atleta da X-Gym espera por uma oportunidade no UFC e torce para que seu parceiro de treino ganhe a chance de se tornar o desafiante ao cinturão do peso-médio do Ultimate. “Não tenho dúvida que ele será o próximo campeão e, não vai demorar muito. Para ele ser campeão basta o Dana White bater O martelo e colocá-lo como desafiante”, finaliza Jacarezinho.

[youtube]http://youtu.be/27DPa898poQ[/youtube]

Recomendado para você