Clube da Luta

Palpites do MMA – UFC em Boston: McGregor x Siver

Conor McGregor e Dennis Siver são as atrações principal do card do UFC em Boston | Foto: UFC

Conor McGregor e Dennis Siver são as atrações principal do card do UFC em Boston | Foto: UFC

O UFC em Boston traz o irlandês falastrão Conor McGregor, e o alemão Dennis Siver. Caso o barbudo de Dublin vença, Dana White deve anunciá-lo como próximo desafiante ao título do peso-pena, de José Aldo. O evento ainda trás como co-main event Ben Henderson x Donald Cerrone. Além disso, completam o card principal, nomes como o do brasileiro recordista Gleison Tibau e o “Homem Ambulância”, Urial Hall.

A seção “Palpites do MMA” chega a mais uma edição para este card animador. Os blogueiros do Clube da Luta, Bruno Balacó e Lucas Mota, deixam seus comentários e palpites sobre o card principal da atração. O convidado desta semana é mais uma vez o nosso amigo Miguel Pontes, que sabe tudo de lutas.

McGregor x Siver

  • Lucas Mota – Não podemos dizer que o irlandês de Dublin seja apenas um falastrão. Ele possui qualidades refinadas na luta em pé e envergadura superior a maioria dos pesos-penas da divisão. Contra Dennis Siver, os fão vão assistir a mais um passeio do falador. Conor vai dominar o alemão e carimbar o passaporte para disputar o cinturão de José Aldo. Palpite: Conor por nocaute.
  • Bruno Balacó – Acredito que essa luta não vai terminar de forma tão rápida como o Conor McGregor está prometendo (ele declarou que só precisava de dois minutos para resolver a parada). Dennis Siver já mostrou que é um cara duro e penso que não vai se entregar tão fácil. Projeto uma vitória do irlandês, por nocaute, mas lá pelo 2° ou, no pior dos cenários, no início do 3° round.
  • Miguel Pontes – Conor “The Notorious”McGregor, o cara mais Irlandês do mundo do MMA está de volta e provavelmente rumo a sua quinta vitória consecutiva no UFC contra o alemão Dennis Siver. McGregor está invicto há 4 anos no MMA e essa não deverá ser uma luta difícil para ele. Apesar de Siver trazer ao octógno a experiência de ter lutado em três divisões diferentes, não o vejo sendo capaz de fazer frente ao estilo agressivo de Conor McGregor, que sobrou nas lutas contra o brasileiro Diego Brandão e o americano Dustin Poirier, levando ambos ao nocaute. Aliás, McGregor é um nocauteador, tendo vencido 14 lutas por nocaute em sua carreira e está no centro das atenções de sua categoria e do UFC. Os pubs da Irlanda irão lotar para assistir a essa luta. Palpite: Conor McGregor por nocaute.

Henderson x Cerrone

  • Lucas Mota – Luta dura e complicada. O “Menino Lobo” tentará impor seus jogo de wrestling e de pressão. Cerrone se sai bem quando lhe dão espaço para soltar, a vontade, golpes na trocação. Foi dessa maneira que o “Cowboy” venceu os últimos seis duelos. Mas contra Bendo, isso não vai acontecer. Mordido pelo primeiro nocaute sofrido na carreira, para Rafael dos Anjos, Ben Henderson vai pressionar, derrubar, pontuar e vencer, com domínio, o papa-bônus do UFC. A vitória diante de Cerrone marcará o recomeço do ex-campeão.
  • Bruno Balacó – Imagino eu que Donald Cerrone caminha a passos largos para sua 7ª vitória consecutiva na categoria. Vai enfrentar um cara talentoso, que já foi campeão dos leves. Mas o Cowboy está na ‘ponta dos cascos’. Lutou cinco vezes em alto nível do ano passado pra cá, sempre evoluindo na luta de solo e na trocação. Dessa vez, creio que vai nocautear, se vingando das duas derrotas passadas para o Henderson. Palpite – Cerrone por nocaute.
  • Miguesl Pontes – Após sua última vitória contra Miles Jury, o Cowboy, pediu ao chefão do UFC, Dana White, que lutasse o mais rápido possível. E foi atendido, lutando apenas 13 dias após sua última luta. Benson Henderson, sem dúvidas tem o melhor retrospecto, já foi campeão da divisão e defendeu seu cinturão por três vezes contra caras duríssimos como Frankie Edgar, Nate Diaz e Gilbert Melendez. Perdeu o cinturão, por finalização, para o atual campeão Anthony Pettis e vem de derrota para o brasileiro Rafael dos Anjos, que o dominou durante toda a luta. Já Cerrone, vem em uma crescente de 6 vitórias consecutivas, porém nas outras duas vezes em que se enfrentaram no extinto WEC, Henderson levou a melhor vencendo uma por finalização e outra por decisão unânime. Mas acredito que a excelente fase do Cowboy lhe dará mais uma vitória. Sendo possível que seja o desafiante ao vencedor de Anthony Pettis x Rafael dos Anjos. Realmente, o Cowboy está dando uma sacudida na divisão e o patrão gosta muito disso. Palpite: Donald Cerrone por decisão.

Hall x Stallings

  • Lucas Mota – O “Homem Ambulância” ainda não conseguiu brilhar fora da casa do TUF. Nas quatro lutas que fez no Ultimate, perdeu duas e venceu as duas últimas, diante de Thiago Marreta e Chris Leben. Não é um retrospecto animador. Aos poucos, Hall vai ganhando ritmo dentro da companhia. Ainda peca bastante pela insegurança, o que trava o jogo do jamaicano. Contra Stallings, Uriah tem mais uma chance de fazer jus ao apelido e mandar o adversário para o hospital. Palpite: Hall por nocaute.Bruno Balacó – Sensação do TUF 17, creio que Uriah Hall já se recuperou do susto de seu desastroso início no UFC, com duas derrotas com atuações apáticas. Com um boxe afiado e um chute alto rodado perigoso, creio que não terá muita dificuldade para conquistar mais uma vitória por nocaute em sua carreira, superando Ron Stalligns. Palpite – Hall por nocaute.
  • Miguel Pontes  – Ron Stallings está estreando no UFC, e vem de derrota para Tim Williams no CFFC 43. Entrou no card há quase uma semana do evento, no lugar de Costa Phillipou, e logo de cara, pega Uriah Hall, que vem de duas vitórias. Ok, o cartel do Uriah Hall (9-4-0) não é dos melhores, mas o de Stallings (12-6-0) também não é. Stallings tem mais experiencia no MMA, mas Hall é mais talentoso e tem lutas contra nomes mais experientes como Chris Leben, Costa Phillipou e Chris Weidman. Talvez a estreia na principal organização de MMA no mundo seja um peso a mais para Stallings. Eu diria que Uriah Hall tem tudo para ganhar essa luta.
  • Palpite: Uriah Hall por nocaute.

Tibau x Parke

  • Lucas Mota – Sinceramente, não vejo nada demais no campeão do TUF Europeu, Norman Parke. O norte-irlandês costuma abrir o caminho para suas vitórias na luta agarrada, inclusive, já finalizou 12 adversários. Mas contra Tibau, que tem o wrestling como sua especialidade, Parke vai buscar o duelo em pé. Porém, não conseguirá manter o ritmo. Com pressão e força, Tibau deve amassar e cansar o europeu. Palpite: Tibau por pontos.
  • Bruno Balacó – Parke tem tudo para ser um quebra-cabeça duro para Gleison Tibau desvendar. Mas aposto em uma vitória do brasileiro por decisão, após muita luta estudada. O caminho do triunfo do ‘Van Damme do Nordeste’ deve ser a eficiência nas quedas. O que, diga-se de passagem, é uma de suas grandes especialidades. Palpites – Tibau por pontos.
  • Miguel Pontes – Aqui temos a experiência de Tibau contra uma sequência de vitórias de Parke, que está invicto no UFC e no MMA desde 2010. Porém, Tibau é um lutador diferenciado e, de longe, o maior desafio que Parke já enfrentou. O jogo aqui para Tibau é encurtar a distância e encurralar o adversário para conter o bom jogo de boxe que Parke tem. Se Gleison colocar a luta pro chão e trabalhar seu bom ground and pound, dificilmente, não ganhará a luta. Já Parke tem que partir pra cima com tudo, tentar liquidar a luta em pé e se manter invicto. Palpite: Gleison Tibau por decisão.

Recomendado para você