Clube da Luta

Com atuação dominante, cearense Viviane Sucuri se reabilita e vence sua 1ª luta no Invicta FC

Sucuri se emocionou ao ser declarada vencedora da luta. Foto: Reprodução

Em sua 2ª luta pelo Invicta FC, Viviane Sucuri não decepcionou. Com uma atuação segura e contudente, a fera do MMA cearense derrotou, com tranquilidade, a norte-americana Alesha Zappitella por decisão unânime na noite desta sexta-feira, 7, em edição realizada em Kansas City (EUA).

O resultado final não deixa dúvidas do domínio da cearense ao longo dos três rounds, que venceu por 30-27 na opinião de dois juízes e por 30-26 na opinião de um dos árbitros laterais. Com o resultado, Sucuri, que tem 25 anos, se reabilita de uma série de três resultados negativos e emplaca sua 14ª vitória em 17 combates na carreira profissional.

Ao fim da luta, Sucuri não teve a emoção e foi às lágrimas e se mostrou bastante ao lado de seu trienador, Marcos Batista, da equipe Dragon Kombat. Uma das batalhas que travou antes de subir no ringue foi contra a balança. Acostumada a lutar no peso-palha (até 52kg), Vivi teve que se superar para o duelo contra Aleseha, já que lutou pela 1ª vez na categoria peso-átomo (até 46,7kg), realizando um corte de peso de mais de 6kg, em relação ao que está adaptada. Ao fim do

Recomendado para você