Educação

Estudantes chegam ao ensino médio sem conseguir localizar informações básicas em gráficos

Os dados são de um levantamento da Fundação Lemann, feito com base em microdados da Prova Brasil, e mostram o porcentual de alunos de escolas públicas que obtiveram pontuação considerada adequada no exame.

Os resultados apontam que, ao fim do ensino fundamental, no 9.º ano, os estudantes que moram em Alagoas, no Maranhão e no Amapá sabem menos português e matemática do que aqueles que estão terminando o 5.º ano na rede pública de Estados como Minas Gerais, Distrito Federal e Santa Catarina.

Em Alagoas, por exemplo, 57% dos estudantes terminam o 9° ano do ensino fundamental sem saber o conteúdo de matemática que deveriam dominar já no fim do 5.° ano. Isso significa que mais da metade dos estudantes foi para o ensino médio sem saber, por exemplo, localizar informações em um gráfico, competência esperada para uma criança de 10 anos de idade.

No outro extremo, em Minas Gerais, 87% dos alunos do 9° ano têm conhecimento proficiente ou avançado do conteúdo do 5° ano. O índice chega a 85% em Santa Catarina e no Rio Grande do Sul.

Fonte: O Estado de S. Paulo