Educação

Vítimas da violência

Levantamento da Secretaria de Direitos Humanos do Distrito Federal revela que 1.870 crianças e adolescentes foram abusados ou explorados sexualmente nos primeiros seis meses de 2013. A estatística de dez casos por dia na capital assusta. Mais do que isso, escancara a necessidade da criação de uma rede efetiva de proteção a meninos e meninas em situação de vulnerabilidade.

imagesCASD7GKV

O estudo mostra também que a violência física ainda é um dos meios de punição mais usados pelos pais. De janeiro a junho deste ano, chegaram às delegacias 696 denúncias de maus-tratos. São situações em que a força se torna arma. A maioria das agressões fica restrita ao ambiente familiar, nem chegam ao conhecimento público.

Outras são explícitas e choca quem está em volta. Em março, um gerente executivo da Caixa Econômica Federal protagonizou uma cena deprimente: espancou o filho, de três anos e oito meses, no pátio de um colégio na Asa Sul. Diante do protesto de algumas pessoas, ele continuou a bater no menino no banheiro da escola. O homem foi preso, mas acabou liberado pouco tempo depois.

Fonte: Correio Braziliense