Educação

A dor nas costas começa ainda na escola, mostra pesquisa da UEL

Problemas na coluna estão longe de acometer apenas adultos. Pesquisa desenvolvida pelo Departamento de Fisioterapia da Universidade Estadual de Londrina (UEL), no Paraná, identificou alterações posturais em crianças ainda na idade pré-escolar.

O estudo submeteu 377 crianças de 5 e 6 anos ao teste de Adams, exame que ajuda a rastrear desvios na coluna vertebral. Resultado: 26% dos alunos apresentaram sinais precoces de escoliose, uma das alterações mais sérias da estrutura corporal.

Uma das pesquisadoras, a professora Celita Salmaso Trelha, explica que apesar da angulação pequena, o desvio lateral exige atenção. “Senão tratada, a escoliose pode gerar deformidades na coluna da criança, além de problemas respiratórios e estéticos. O prejuízo pode atingir também o rendimento em atividades esportivas e de lazer”, comenta.

Chamar atenção dos pequenos para uma postura correta, emenda Celita, precisa ocorrer não só na escola, mas em casa também. O ideal é que atividades físicas ajudem a criança a deixar o sedentarismo.

Mesmo corrigindo as crianças em sala de aula, elas ainda ficam em casa assistindo à televisão, jogando videogame, sentadas por horas no sofá. A pesquisadora enfatiza que os pais têm papel fundamental no incentivo de novos hábitos. “Eles precisam aproveitar para tirar os filhos do computador”, diz.

Fonte: Gazeta do Povo