Educação

Limoeiro seleciona alunos para licenciatura em Música

Foi lançado o edital de seleção de alunos para o curso licenciatura em Música do campus de Limoeiro do Norte. São ofertadas 40 vagas. O curso é presencial e no turno da noite. O período de inscrição vai de 7 a 13 de março, apenas pelo site http://qselecao.ifce.edu.br. Não será cobrada taxa de inscrição.

Após efetuar a inscrição online, o candidato tem até o dia 14 de março para entregar no Setor de Protocolo do campus (Rua Estevam Remígio, 1145, Centro / Telefones: (85) 3401.2290) os seguintes documentos:

– Protocolo de Inscrição gerado após o preenchimento do Formulário de Inscrição;

– Histórico do ensino médio completo (original e cópia) ou documento equivalente válido;

– Documento oficial de identificação (original e cópia).

A divulgação das inscrições deferidas ocorre no dia 15 de março. Há vagas para ampla concorrência e também para cotistas. A seleção será realizada em uma única etapa, que consistirá da análise do histórico escolar. O resultado final dos aprovados está programado para o dia 27 de março.

Os classificados precisam realizar a pré-matrícula nos dias 28 e 29 de março. Caso as vagas não sejam preenchidas, será realizada a chamada dos classificáveis no dia 2 de março. Todos os prazos e informações estão no edital, que pode ser acessado clicando aqui.

Licenciatura em Música

A graduação foi aprovada pelo Conselho Superior do IFCE (Consup), no último dia 18 de fevereiro. O curso é ofertado como licenciatura, ou seja, voltado para formação de professores. “Surge fundamentado na carência de formação específica para professores e da escassez de Licenciaturas em Música no Ceará.”, destaca o professor Frances Serpa.

O curso possui uma matriz curricular diferenciada em relação ao ensino musical. “A partir do segundo semestre, o aluno vai poder escolher entre cinco áreas: bateria, canto, sopros (metais/madeiras), teclado, ou violão. Assim, o aluno vai cursar seis semestres com uma disciplina do instrumento específico, para obter um maior conhecimento e maiores chances no mercado de trabalho futuro. Lembrando que todas essas cinco áreas são focadas no ensino coletivo”, conclui Frances Serpa.

FONTE: IFCE