Futebol do Povo

Vitória do Fortaleza sobre o Coritiba valeu mais do que os três pontos

75 50

Era nítido que o time estava mais leve e aliviado pelo título estadual conquistado contra o Ceará no domingo. Assim, sem pressão, o Fortaleza entrou em campo e bateu o Coritiba por 2×1 em jogo de ida da segunda fase da Copa do Brasil, no Castelão.

Foi um jogo franco, com boas atuações de algumas peças do Fortaleza que serão muito importantes para a Série C, como Wanderson – bem adaptado ao meio-campo – Pio, Daniel Sobralense e Correia. É verdade que Lúcio Maranhão voltou a falhar feio e perdeu um dos gols mais absurdos do futebol mundial nos anos recentes, mas ter vencido uma equipe com um elenco bem mais caro e que vai disputar a Série A representa bastante para os comandados de Marcelo Chamusca, ainda mais quando lembramos que Éverton, principal jogador tricolor no estadual, ficou de fora por contusão e que o árbitro deixou de marcar uma pênalti claro sobre Cassiano.

O Fortaleza teve mais posse de bola (53 a 47%), mais finalizações (13 a 10), mais cruzamentos (21 a 11) e escanteios (4 a 2). De fato foi uma atuação com sinal positivo – não definitivo, evidente – de que com reforços, especialmente no setor ofensivo, o elenco tem potencial para encarar a terceira divisão com a principal missão da temporada, que é voltar para a Série B.

Recomendado para você