Futebol do Povo

Fortaleza já teve 20 jogadores no Departamento Médico em 2016

176 12

Por André Victor Rodrigues

O maior inimigo do Fortaleza nesta temporada tem sido escalar o time com 100% do elenco à disposição. As lesões assolam o Pici desde o início do ano e, com a Série C em curso, o Leão começa a sentir de forma mais enfática as consequências de administrar muitos casos de problemas físicos. Do mês de janeiro até este início de julho, a lista do Departamento Médico do Tricolor acumula passagem de 20 jogadores.

Hoje, o técnico Marquinhos Santos anseia pelo retorno de Éverton e Juliano, peças importantes para o seu meio-campo. Recentemente, por mais de duas semanas, ficou sem o zagueiro Lima, referência no sistema defensivo. Nesta Terceirona, Pio, Daniel Sobralense e Ricardo Berna também desfalcaram o time, tornando árduo o trabalho da comissão técnica de reformular a forma do time atuar ao longo dos desafios na disputa nacional.

Esse é um problema que inicou antes mesmo da chegada do atual treinador. Desde o trabalho encabeçado por Flávio Araújo que o estaleiro tricolor vive dias de movimentação. Basta lembrar do início das campanhas de Campeonato Cearense e Copa do Nordeste, quando nomes como Elias, Felipe, Eduardo, Corrêa e Dudu Cearense ficaram longe dos gramados por algum período de tempo. Alguns dos citados já deixaram o clube. Mas o problema continuou, o que levanta questionamento válido sobre como tem sido feita a preparação do grupo leonino para o seguimento do ano.

A exceção desta semana, com o retorno da Copa do Brasil, o Fortaleza enfrentou neste início de Série C o cotidiano de um jogo por semana. Mesmo assim, casos de desgaste muscular tem se tornado comum entre os atletas. Das dores no tornozelo de Sobralense, por conta de chuteira, até a lesão grau 1 na coxa esquerda do volante Guto. É importante que o clube trace relatório mais detalhado sobre esse frequente desafio que é tornar o elenco saudável e disponível para os jogos.

O Fortaleza volta a campo neste domingo, às 18h30min, no Mangueirão, onde enfrentará o Remo pela 8ª rodada da Terceirona. Com 14 pontos, o Leão é líder do Grupo A. Para se manter com o bom aproveitamento e forte até o fim da competição, contar com a recuperação de jogadores lesionados e redução no quadro registrado pelo DM será fundamental.

Lista do Departamento Médico tricolor

Goleiros:
Ricardo Berna

Zagueiros:
Max Oliveira
Leonardo Luiz
Lima

Laterais:
Moacir (não está mais no clube)
Felipe Bala

Volantes:
Corrêa
Juliano
Guto
Pio
Felipe
Dudu Cearense (não está mais no clube)

Meias:
Elias (não está mais no clube)
Daniel Sobralense
Éverton
Clebinho

Atacantes:
Uilliam
Núbio Flávio
Juninho
Eduardo (não está mais no clube)

Recomendado para você