ID

Gabriela Pugliesi divulga produto e Conar abre processo sobre Publicidade Velada

Gabriela Pugliesi processada

Já não é surpresa para ninguém que curte Instagram e redes sociais afins, que os “Digital Influencers”, enquanto aparecem perfeitinhos em suas fotos, acabam divulgando um produto aqui e outro acolá.

Mas quando o público conseguirá entender o que é publicidade e o que é realmente espontâneo do instagramer? Foi o que aconteceu com a Gabriela Pugliesi, blogueira fitness com mais de 2 milhões de seguidores. Veja detalhes…

A blogueira divulgou uma nova Skol, chamada Ultra de forma bem direcionada e com todas as informações, da forma que um anúncio deveria ter. Porém, sem identificação de publicidade.

De acordo com Código de Autorregulamentação Publicitária, conteúdo como esse deve ser identificado como Publicidade. A postagem da blogueira fit gerou desconforto entre seus seguidores que acabaram denunciando a postagem.

Gabriela Pugliesi processada

O que causa ainda mais estranheza é que a blogueira trabalha com estilo de vida saudável e fitness, mas abriu mão disso para divulgar a nova bebida alcoólica, mesmo a cerveja sendo de teor calórico baixo.

A Ambev afirmou que enviou os produtos para a blogueira, mas que isso seria publicidade nativa, mas o órgão de regulamentação publicitária concluiu o post como publicidade velada, exigindo mudanças no texto e que deixem claro que o conteúdo é propaganda.

Além desse caso, Gabriela foi investigada por esconder post patrocinado em 2014. Porém, o Conar não conseguiu comprovar o publipost e assim não pôde punir o blog.

Gabriela Pugliesi propagandas

Claro que para a marca, os blogueiros, youtubers e instagramers são uma ótima alternativa para atingir seu público, com um conteúdo mais acessível e um público tão assíduo quanto o de estrelas globais. Porém é realmente difícil para o público conseguir distinguir o que é publicidade e o que não é.

Fonte: O Globo.

Recomendado para você