ID

Professor pula corda com aluno cadeirante no colo e viraliza nas redes sociais

(Foto: Reprodução / Facebook)

Professor de Educação Física em Taubaté, município localizado em São Paulo, João Hoffmann viralizou nas redes sociais após integrar um dos seus alunos em um momento de lazer. Heitor, menino de 7 anos que é cadeirante, queria pular corda assim como seus demais colegas e, para atender o desejo do seu aluno, o professor pegou Heitor no colo e pulou corda com a criança.

O caso ocorreu na última quinta-feira, 31, na escola Sítio I, instituição da rede pública do interior de São Paulo. Em entrevista ao portal G1 de São Paulo, João explicou que os alunos estavam em um período de brincadeiras livres e Heitor viu seus colegas pulando corda e pediu para pular junto com eles. E para que o menino fosse integrado na brincadeira, ele o pegou no colo e pulou junto com ele. A corda, inclusive, era “rodada” pelos próprios companheiros de turma de Heitor.

"Tio!! Queria muito pular corda… Você pode pular comigo?"🥰 …Aquela intimada que é praticamente impossível de dizer não! 😅😅…Obrigado senhor por minha saúde e por me usar para trazer alegria para a vida dessa criançada!!!..🎥@guilhermemontoani 💪🏻💪🏻..#inclusao #educacaofisica #makeadiference #joaohoffmannpersonal #bealtifulday #happy #tksgod #health #children #brazil #playhard #gogogo #instavideo

Publicado por João Hoffmann Personal Trainer em Quinta-feira, 31 de outubro de 2019

 

“Tento sempre trabalhar de maneira que ele possa ser incluído, para que a turma também não coloque limitações para ele. É uma criança com deficiência, mas queria que tivesse aquele momento”, disse João.

A cena foi registrada por outro professor que acompanhava a ação. Em pouco mais de cinco dias, a postagem no perfil do educador em uma rede social teve mais de 1 milhão de visualizações e 21 mil compartilhamentos, além de 17 mil reações e 2,3 mil comentários.

Esta, inclusive, não foi a primeira vez que João protagonizou uma cena de inclusão. Em vídeo publicado no último dia 19 de setembro, o educador pôs um de seus alunos nas costas e foi brincar de pega-pega com as demais crianças. “Foi um gesto simples, mas que eu sei que para ele fez diferença”, finalizou o professor.

https://www.facebook.com/joaohoffmann.personal/videos/2416493438387282/