Leituras da Bel

Vencedor do Prêmio São Paulo de Literatura 2016 participará de feira literária no México

FOTO: RODRIGO CARVALHO/ em 28 03 2015

FOTO: RODRIGO CARVALHO/ em 28 03 2015

A organização do Prêmio São Paulo de Literatura 2016 divulgou, na noite desta segunda-feira, 22, que o vencedor da categoria principal – “Melhor Livro de Romance do Ano” – participará da Feira Internacional do Livro de Guadalajara, no México. O resultado da premiação será divulgado no dia 10 de outubro, na Biblioteca do Parque Villa-Lobos. A categoria principal contempla o vencedor com R$ 200 mil e a  viagem será patrocinada pela Embaixada do México, numa parceria com a Secretaria da Cultura do Estado de São Paulo, promotora do concurso. O ganhador participará de uma mesa sobre literatura brasileira no evento e terá oportunidade de divulgar seu livro para editoras estrangeiras.

A cearense Tércia Montenegro, escritora e professora da Universidade Federal do Ceará (UFC), concorre ao Prêmio São Paulo de Literatura, na categoria “Autor Estreante com até 40 anos”, com o livro Turismo Para Cegos. Entre os 20 finalistas da edição de 2016 estão outros três autores nordestinos: João Almino, nascido no Rio Grande do Norte, radicado no Distrito Federal, com o romance Enigmas da Primavera (Editora Record); Raimundo Carrero, de Salgueiro (PE), com O Senhor Agora Vai Mudar de Corpo (Editora Record); e Santana Filho, de Balsas (MA), com o livro A Casa das Marionetes (Editora Reformatório).

Tércia publicou o primeiro livro em 1998 e, desde então, lançou mais de dez títulos – entre exemplares infantis, biográficos, de contos e de crônicas. Turismo Para Cegos é o primeiro romance de sua carreira e recebeu elogios da crítica à época do lançamento, além de ter sido vencedor do Prêmio Biblioteca Nacional 2015.  Alex Sens, Isabela Noronha, Julia Dantas, Rafael Gallo, Sheyla Smanioto e Tomás Rosenfeld disputam o valor de R$ 100 mil com Tércia.

Lançado em 2008, o prêmio é promovido pela Secretaria de Estado da Cultura de São Paulo. São selecionados livros de ficção – no gênero romance – escritos e editados no Brasil. Há mais duas categorias na premiação: “Melhor Livro de Romance do Ano 2015” e “Melhor Livro de Romance de autor estreante”. A seleção é coordenada por um conselho curador, que acompanha o concurso em todas as suas etapas e seleciona o júri inicial e o júri final. Os jurados são críticos literários, escritores, livreiros, bibliotecários, mediadores de leitura, professores universitários e profissionais atuantes da área literária.

Veja a lista de finalistas:

Melhor livro de romance do ano 2015
Beatriz Bracher – Anatomia do Paraíso (Editora 34)
João Almino – Enigmas da Primavera (Editora Record)
Julián Fúks – A Resistência (Cia. das Letras – Schwarcz)
Marcelo Rubens Paiva – Ainda Estou Aqui (Editora Alfaguara – Schwarcz)
Mia Couto – Mulheres de Cinzas – As Areias do Imperador (Cia. das Letras – Schwarcz)
Nei Lopes – Rio Negro, 50 (Editora Record)
Noemi Jaffe – Írisz: As Orquídeas (Cia. das Letras – Schwarcz)
Paula Fábrio – Um Dia Toparei Comigo (Editora Foz)
Raimundo Carrero – O Senhor Agora Vai Mudar de Corpo (Editora Record)
Santana Filho – A Casa das Marionetes (Editora Reformatório)

Melhor livro de romance – autor estreante
MAIS DE 40 ANOS
Eda Nagayama – Desgarrados (Editora Cosac Naify)
Marcelo Maluf – A Imensidão Íntima dos Carneiros (Editora Reformatório)
Robertson Frizero – Longe das Aldeias (Editora Dublinense – Terceiro Selo)

ATÉ 40 ANOS
Alex Sens – O Frágil Toque dos Mutilados (Editora Autêntica)
Isabela Noronha – Resta Um (Cia. das Letras – Schwarcz)
Julia Dantas – Ruína y Leveza (Não Editora)
Rafael Gallo – Rebentar (Editora Record)
Sheyla Smanioto – Desesterro (Editora Record)
Tércia Montenegro – Turismo Para Cegos (Cia. das Letras – Schwarcz)
Tomas Rosenfeld – Para Não Dizer Que Não Falei de Flora (Editora 7 Letras)

Recomendado para você