Política

Gabinete de deputado federal e presidente do PSL-CE é arrombado

2942 2

Deputado federal Heitor Freire é presidente do PSL no Ceará (Foto: Fabio Lima/O POVO)

Presidente do PSL no Ceará, o deputado federal Heitor Freire disse que seu gabinete parlamentar na rua Frei Mansueto foi arrombado e os objetos, furtados.

Entre eles, havia “computadores e máquinas fotográficas, além de “gavetas e documentos”. Segundo a assessoria, a Polícia Federal está no local realizando diligências.

O imóvel, que fica no número 1472 da via, bairro Varjota, é alvo de polêmica.

No mesmo endereço já funcionou empresa de luminárias da família do deputado, a Lumens Light, até o início ano.

De março até maio, Freire pagou, com recursos da cota parlamentar, R$ 11 mil por mês pelo aluguel do espaço, ainda que despachasse noutro escritório.

Nesse período, como O POVO mostrou em série de reportagens, o deputado mantinha representação parlamentar de fato em três salas na Torre Quixadá.

As salas 6, 8 e 10 do edifício, antes ocupadas por Freire, eram na verdade alugadas pelo escritório de advocacia Viana Peixoto.

Em contato com o escritório, um funcionário informou que a empresa sublocava os cômodos na Torre Quixadá para o deputado.

Procurado novamente, Freire negou que trabalhasse no endereço, mas postagens do pesselista nas redes sociais desde o início do ano indicam que ele usava as salas como gabinete.

À época, a reportagem pediu então a Freire que apresentasse algum documento (contas de energia, água ou de telefone) que comprovasse que desenvolvia atividades ligadas ao mandato no imóvel da rua Frei Mansueto, custeado com dinheiro público e mantido fechado, segundo relataram testemunhas.

O presidente do PSL apresentou apenas uma foto que, de acordo ele, seria muito antiga e, portanto, prova de que trabalhara no local.

O POVO identificou pessoas que apareciam na imagem. Uma delas era o presidente da Associação dos Delegados de Polícia Civil do Ceará (Adepol), Milton Castelo Filho.

A assessoria da entidade confirmou o encontro, mas disse que ele havia se realizado apenas uma semana antes do envio da foto. A imagem era de 22 de junho deste ano, apenas cinco dias antes de Freire encaminhar o registro para a reportagem.

A partir dessa e de outras denúncias, como a nomeação de pessoas não filiadas ao partido, o deputado federal foi acusado por colegas do PSL de mau uso de verba pública.

Pedido de afastamento do dirigente tramita na executiva nacional do PSL.

Leia abaixo nota enviada pelo parlamentar:

Fomos surpreendidos, na madrugada desta quinta-feira, 18 de julho de 2019, com o arrombamento e furto de inúmeros objetos do gabinete do deputado federal Heitor Freire, localizado na Rua Frei Mansueto 1472, bairro Aldeota, Fortaleza. Entre os itens levados do local estão computadores e máquinas fotográficas, além de revirar gavetas e documentos. A Polícia Federal já está no local realizando a perícia e coletando informações que levem à localização e identificação dos bandidos, além de demais órgãos de segurança para apurar os fatos, incluindo a Secretaria de Segurança Pública do Estado do Ceará.

Leia também:

André Fernandes volta a acusar Heitor Freire de mau uso de verba pública