Sincronicidade

Novena das Rosas

1561 1

1, Jesus, único Amor, ao pé de Teu Calvário,/ Que prazer para mim, à noite, jogar flores!…/ Rosas primaveris por Ti despetalando,/ Quisera enxugar Teu pranto./ R.1.Atirar flores é ofertar as primícias/ De pequenos gemidos e de grandes dores./ Alegrias e penas, leves sacrifícios,/ Estas são minhas flores!…/ 2. Com a alma enamorada de Tua beleza,/ Quero dar-Te, Senhor, meus perfumes e flores./ E, atirando-as por Ti, sobre as asas da brisa,/ Quero abrasar os corações!…/ R.2. Jogar flores, Jesus, eis aí minhas armas/ Quando quero lutar para salvar pecadores;/ Nesta batalha venço… e sempre Te desarmo/ Com minhas flores!…/ 3. As pétalas da flor, acariciando Tua Face,/ Vão dizendo que é Teu este meu coração./ Compreendes o que diz minha rosa desfolhada/ Sorrindo ao meu amor!/ R.3. Jogar flores, repetindo Teus louvores,/ Só tenho este prazer neste vale de dores…/ Daqui a pouco, no céu, estarei com os Teus anjos/ Jogando flores!…

Santa Teresinha do Menino Jesus

[Teresa do Menino Jesus e da Sagrada Face. Obras Completas (Textos e Últimas Palavras). Tradução: Carmelo de Cotia; Héber Salvador de Lima, SJ; Maria Yvonne de Campos Teixeira da Silva; Marcos Marcionilo; Pe. Maurício Ruffier, SJ; Nady de Salles Penteado. São Paulo: Loyola, 1997. Poema Jogar flores, p. 744.]

Santa Teresinha do Menino Jesus, tanto em vida quanto depois de sua morte, sempre esteve associada a rosas. Em uma de suas mais belas composições poéticas, intitulada Jogar flores, a Santa carmelita promete que, um dia, estaria no céu jogando flores. Vale lembrar, também, as palavras escritas por ela à guisa de introdução à sua autobiografia, História de uma alma, em que atribui a si mesma o epíteto de florzinha: “História primaveril de uma florzinha branca escrita por ela mesma e dedicada à Reverenda Madre Inês de Jesus” (Obras Completas, p. 77). Muitas outras vezes a Santa de Lisieux se refere às rosas que derramaria sobre seus devotos quando estivesse no céu.

Pois bem, conta um religioso da Companhia de Jesus, Padre Putigan, que no dia 3 de dezembro de 1925 iniciou uma novena a Santa Teresinha do Menino Jesus, pedindo-lhe que, como sinal, alguém lhe desse uma rosa, caso a graça fosse alcançada. No terceiro dia da novena uma pessoa amiga lhe ofertou uma rosa vermelha. No dia 24 do mesmo mês, Padre Putigan iniciou outra novena, pedindo, desta feita, como sinal de que sua prece seria atendida, uma rosa branca. No quarto dia da novena, uma religiosa que servia num hospital aproximou-se do Padre e entregou-lhe uma rosa branca, dizendo que era Santa Teresinha que mandava.  Maravilhado a agradecido por estes dois fatos, Padre Putigan assumiu como missão divulgar a Novena das Rosas, o que passou a fazer, de fato.

A novena pode ser iniciada em qualquer dia do mês, mas os devotos de Santa Teresinha habitualmente a iniciam no dia 9, concluindo-a no dia 17. Por este motivo, adotei o hábito de, sempre no dia 9, remeter a nove pessoas a Novena das Rosas ou qualquer outro texto sobre Santa Teresinha. Em julho, o dia 9 caiu numa sexta-feira, ocasião em que mandei por e-mail a novena para nove pessoas amigas. Na segunda-feira, uma das pessoas que a havia recebido me procurou com um enorme sorriso no rosto, informado que naquele mesmo dia iniciara a novena e, no sábado, para surpresa sua, recebera uma rosa. Em agosto, mais uma vez o fato se repetiu com uma outra pessoa a quem também mandei a novena. Antes de concluí-la, fui informado de que ela inesperadamente recebera uma rosa.

Para quem não a conhece ainda, segue, abaixo, a Novena das Rosas de Santa Teresinha do Menino Jesus e da Sagrada Face. Os 24 Glória que se repete no final são uma homenagem aos 24 anos vividos pela Santa.

NOVENA DAS ROSAS de SANTA TERESINHA DO MENINO JESUS E DA SAGRADA FACE
Santíssima Trindade, Pai, Filho e Espírito Santo, eu vos agradeço todos os favores, todas as graças com que enriquecestes a alma de vossa serva Santa Teresinha do Menino Jesus, durante os 24 anos que passou na terra. Pelos méritos de tão querida santinha, concedei-me a graça que vos peço – (faça o pedido da graça) – se for conforme a vossa santíssima vontade e para a salvação de minha alma. Aumentai minha fé e minha esperança, ó Santa Teresinha, cumprindo mais uma vez a vossa promessa de que ninguém vos invocaria em vão, fazendo-me ganhar uma rosa, sinal de que alcançarei a graça pedida.
Reza-se em seguida 24 vezes:
Glória ao Pai, ao Filho e ao Espírito. Como era no princípio, agora e sempre. Amém.
Santa Teresinha do Menino Jesus, rogai por nós.
Ao final reza-se um Pai Nosso e uma Ave Maria.