Ancoradouro

Jesus faria aliança com Judas, segundo Presidente

O Presidente da República, Luis Inácio Lulla da Silva, disse ontem em entrevista ao jornal Folha de São Paulo que “Se Jesus Cristo viesse para cá, e Judas tivesse a votação num partido qualquer, Jesus teria de chamar Judas para fazer coalizão”.

A afirmação do Presidente apresenta um pouco sua visão sobre política, bem diferente da apresentada anos atrás quando era um líder sindical. Lula não é mais o mesmo, isso todos já sabem. Parece que vale tudo, todo tipo de aliança para manter o poder, mesmo com aqueles “fichas sujas” e de conduta questionável.

Para a juventude já alheia à realidade política da nação  fica uma péssima lição do Presidente. Afinal, vale tudo? Pode-se fazer aliança com todos independente de sua conduta e atuação política? Para o Presidente, sim. Tu pode.

Contudo fique claro ao Presidente, Jesus não faria aliança com Judas, eis alguns motivos:

1- Jesus não muda sua palavra;

2- Ele não é relativista;

3- O Galileu não é da opinião que o poder possa ser mantido a todo custo;

4- Ele jamais decepcionaria seus seguidores

E olha que só citei aspectos humanos de Cristo, no caso, não seria necessário recorrer à sua condição divina.

Recomendado para você

Nenhum comentário

  • Olá meus irmãos e irmãs.
    A Paz de Jesus Cristo esteja com todos vocês!

    É lamentável ler uma matéria desta. O presidente Lula tem se mostrando “mais um” político neste segundo mandato.

    Fazer apologia ao “poder a qualquer custo” é o mesmo que dizer a nossa juventude que tudo é válido para ter uma roupa da moda, um carro zero, uma moto importada; inclusive vender drogas e praticar assaltos.

    É uma vergonha este tipo de discurso!

    Mas em algo temos que concordar: “Ele foi honesto e mostrou com clareza como tem atuado no cargo máximo deste país.”

    Um abraço a todos, fiquem com Deus!

    Júnior Siqueira

  • Raphael Luengo Bonillo disse:

    Vanderlúcio,é muito interessante,digo da minha parte,encontrar um artigo onde você expressa de forma tão clara sua opnião.

    Você aparece dizendo :

    “Contudo fique claro ao Presidente, Jesus não faria aliança com Judas, eis alguns motivos:”

    Concordo.Quando assisti tamanha imbecilidade destilada numa frase que supera o insano,pensei :

    “Ele talvez não saiba a história das 30 moedas”

    Judas era traidor.Concordamos nisso,certo ?!?.

    Jesus prega ressureição,a não veneração de ídolos,a não auto-suficiência do espírito.

    Você não acha que o ecumenismo é uma forma de traição ?.

    Servos de Deus que conhecemos através da bíblia não foram ecumênicos,o próprio Jesus não era.

    Não ser ecumênico,não é ter falta de amor ao próximo.

    Você que é um cara que sem duvidas conhece a bíblia,sabe que os ensinos de Jesus nunca conviveram em harmonia com outras doutrinas.

    Quando o apóstolo entrou na cidade de éfeso criticando a rainha do céu,(Diana dos efésios)
    ele não foi nem um pouco ecumênico,tampouco preservou a liberdade religiosa.

    A paz religiosa nunca existira,isso é bíblico.As profecias apocalípticas confirmam isso.As de Daniel então,nem se fala.

    Você sabe disso.

    Paz.

\

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

18 + dezoito =