Ancoradouro

Viver a Vida Apresenta 13 Casos de Traição

A novela Viver a Vida da Rede Globo de Televisão apresenta em sua trama nada menos que 13 casos de traição. Segundo o autor do folhetim a vida é assim.

A conhecida ‘novela das oito’ é o programa de maior audiência na emissora carioca e sempre traz em seus títulos palavras de referência ao amor, à vida, à paixão, mas o desenrolar da história é outra.  Uma novela com o título as 13 traições ou infidelidade bem provável não venderia. Então a solução é maquiar a cópia de uma suposta realidade.

Vende-se gato por lebre e logo no primeiro capítulo o telespectador tem seu produto vilipendeado. Nas tramas novelescas o enfoque no relacionamento de casais é a traição e o fim, a separação, enquanto os pares gays são apresentados como pessoas fieis ( a realidade não é essa) e não se separaram, percorrem o caminho contrário dos héteros. Qual é a intenção do autor?

Ainda que se pretenda justificar que a ficção imita a realidade não poderíamos concordar com o enredo das novelas que não muda, pelo menos nesse mote. Vejamos o que disse Lima Duarte sobre as novelas, numa entrevista,”Não quero mais fazer novela. Pretendia que “Belíssima” fosse a última. Mas já queria que a anterior fosse a última, e vieram com artilharia pesada, Irene Ravache, Fernanda Montenegro. Mas é duro fazer novela. Está cada vez mais cansativo. Estão escrevendo a mesma história há 40 anos. Faço o mesmo personagem, e o público chora a mesma lágrima, no mesmo horário”. Vale a pena conferir o restante da entrevista, aqui.

As novelas não são cópias da realidade, antes a induzem. Tem o poder de introduzir moda, estilos, vocábulos, ideologias, comportamentos e claro, mentalidades. Ainda  poderíamos nos perguntar que país querem os noveleiros? Eles estão a serviço de quem? Que comportamentos querem tornar modelo para os telespectadores?

Você já pensou sobre isso ou é mais um dos vidrados na telinha no horário da novelas e acompanha tudo como se fosse pura imitação da realidade. Cuidado, acenda a luz da razão, não aceite tudo passivamente e se quiser um conselho, procure outra coisa para fazer no horário das novelas, será bem mais proveitoso. Experimente.

Recomendado para você

Nenhum comentário

  • Carlos Humberto Vasconcelos disse:

    Essa novela é uma falta de respeito para com a “instituição” família! Não devemos assistir esse tipo de coisa pois é o contrário dos nossos valores! Valores estes que não são mais considerados, pois a novela trata o ser humano como um copo descartável muitas vezes! Uma pessoa deve ser templo do espírito Santo de Deus e conservar-se para iluminar os outros!

\

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

dezessete − 7 =