Ancoradouro

Contradição do Partido dos Trabalhadores

613 1

O Partido dos Trabalhadores é favorável à descriminalização do aborto

O esforço que a candidata à Presidência da República Dilma Rousseff empreende para apresentar-se contra a descriminalização do aborto é inversamente proporcional a de seus partidários que insistem em defender, promover e lutar pela causa. No site do Partido dos Trabalhadores encontra-se uma reivindicação das centrais sindicais contra o posicionamento pró-vida do  oponente José Serra.

O título da notícia é CARNIFICINA É NÃO DESCRIMINALIZAR O ABORTO: UM DIREITO DA MULHER, UM DEVER DO ESTADO , assim mesmo, em letra garrafais. No último parágrafo encontramos a pérola, “Por isso, nós Centrais Sindicais, abaixo assinadas reiteramos nosso repúdio às palavras de José Serra e reforçamos o compromisso que assumimos na Assembléia Nacional da Classe Trabalhadora realizada no dia 1º de junho de 2010, onde as centrais assumiram a luta pela descriminalização do aborto e seu tratamento enquanto questão de saúde pública”. A notícia não é boato, está a disposição de todos no site do partido da candidata Dilma Rousseff. Clique aqui. E se retirarem do ar, me precavi como faz Reinaldo Azevedo, já fiz um PDF da página.

Sobre o Estatuto do Nascituro o Partido também se posicionou. Contra, claro. Lê-se no título ‘Estatuto do Nascituro fere Constituição e é retrocesso, afirmam petistas’. Leia na íntegra clicando aqui. 

Com o discurso marcado pela contradição entre o que afirma a candidata Dilma Rousseff e as assertivas de seu partido só aumenta a desconfiança dos eleitores que buscam clareza na opinião dos presidenciáveis.

Recomendado para você

1 comentário

  • Resolução à Emmir Nogueira disse:

    Resolução à Emmir Nogueira

    Queridos Irmãos,Shalom!

    Falo a vocês como uma pessoa,católica,que não quer ser uma luz sob um alqueire. Faço parte da Comunidade Católica Shalom há mais de 15 anos,meu nome é Maria Erundina Chagas tenho 45 anos,sou consagrada à comunidade de aliança há mais de 8 anos,tenho dois filhos também consagrados à comunidade,motivo para imenso orgulho,lembro-me até hoje do dia que tive a mais bela experiência da minha vida, a efusão do espírito santo,consegui abrir os olhos para a verdadeira felicidade!,lembro-me de todas as pregações e orações fervorosas,daquele sopro do espírito santo como uma brisa suave em tempo de chuva,que me enchiam os olhos de lágrimas,lágrimas de paz e de comunhão com o amor de Cristo,como é bom ser shalom!,amo o meu carisma e sempre vou amar!,ontem em oração o Senhor colocou em meu coração a palavra “Dai a César o que é de César e a Deus o que é de Deus”, e não pude ficar calada!,nos últimos 6 anos ALGUNS “dirigentes” da nossa comunidade passaram a exercer outros papéis que não a evangelização,claramente radicalizando-se não apenas em defesa do evangelho,mas em defesa de determinados interesses econômicos e políticos,estou me referindo claramente ao Carmadélio e Emmir Nogueira.

    Leiam o trecho de “Luz sobre a mesa” – por Emmir Nogueira Co-Fundadora Shalom:

    “Falo a vocês como uma pessoa, católica, que não quer ser uma luz sob um alqueire. Falo como católica que lê no Catecismo que todo aquele que promover o aborto ou colaborar com ele (e é esse o caso do voto dado ao PT) está automaticamente excomungado. ”

    Lendo este trecho publicado pela Emmir,me senti fortemente induzida a votar no candidato José Serra nas eleições,pois não tinha visto nada contra ele em qualquer site do Shalom e eu seria EXCOMUNGADA AUTOMATICAMENTE ao votar em qualquer candidato do PT,pois bem,segui a orientação da Emmir e votei no Serra,porém,após as eleições, recebi vários email afirmando que Serra legalizou o aborto para casos de estupro quando ele era ministro da saúde no governo FHC em 1998,procurei confirmar a veracidade do conteúdo do email e de fato o Serra foi o único dos candidatos que assinou documentos autorizando praticas de aborto nos hospitais de todo o Brasil,após o choque de perceber que votei no candidato abortista,vinheram varias perguntas à minha cabeça:

    1ª. Se o Serra é um candidato abortista,por que a Emmir e os sites do Shalom não alertaram em não votar nele?,por que fomos alertados somente contra o Lula,o PT e sua candidata?,

    2ª. Em sua última nota,CNNB CONDENA “USO ELEITORAL DA FÉ CRISTÔ, a CNBB diz: “grupos religiosos dentro da própria igreja têm“criado dificuldades para o voto livre e consciente”. A CNBB critica a nota divulgada pela Regional Sul 1, que prega o voto contra o Lula, PT e sua candidata. A CNBB desautoriza qualquer decisão contrária à da Assembleia Geral, que não vetou candidatos ou partidos”,desta forma a Emmir estaria desobedecendo a determinação da CNBB de não vetar qualquer candidato ou partido?,nossa querida comunidade agora não comunga com as determinações da Igreja Católica Apostólica Romana?,é isso que queremos?

    3ª. Toda minha família está indignada com este engajamento político do shalom,tenho fé de que o Moysés nosso fundador,homem santo, não compactua com a perda de fiéis que as opiniões políticas da Emmir e do Carmadélio estão causando,estaría na hora do nosso fundador deixar clara sua posição?

    Maria Erundina Chagas.

\

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

dois × três =