Ancoradouro

Bispo de Guarulhos recebe ameaças do PT

O PT é um partido que não sabe perder, esta afirmação do articulista Reinaldo Azevedo é a mais pura verdade. O presidente da República simplesmente virou cabo eleitoral de sua criatura política Dilma Rousseff. A militância, sob anuência de seus superiores partiram para violência, foi o que vimos recentemente com o candidato com José serra e agora com o bispode Guarulhos que em entrevista Veja afirmou ter recebido ameaças de petistas.

Dom Luis não se cala e desmente a ação de PT que conseguiu embargar a reprodução do panfleto ‘aos brasileiros e brasileiras’ dizendo que fôra o PSDB que mandara confeccioná-los e que a gráfica tinha ligação com o partido. Mentira. O bispo reafirmou que foi ele o autor do pedido de reprodução.

Confira a entrevista à VEJA:

Bispo sofre ameaças de petistas

VEJA – Foi o senhor quem decidiu imprimir dois milhões de cópias do “Apelo a todos os brasileiros e brasileiras”?
Dom Luiz –

Sim. Fiz isso para tornar conhecida a minha posição política em defesa da Igreja e da vida. Essa publicação visava justamente defender a vida de seres humanos que não pediram para nascer e não têm condições de se defender. Trata-se de um documento oficial, assinado por três bispos. Não era um panfleto. É um documento autêntico da igreja.

O senhor se sentiu censurado com a apreensão dos folhetos?
Dom Luiz –
laro que sim! Foi um ato totalmente antidemocrático, uma agressão à minha pessoa. Afinal de contas, eu tinha autorizado a publicação. Essa cassação impediu não só a impressão do documento como sua distribuição. Sinto que fui perseguido. O governo fala tanto em liberdade de expressão, mas esta apreensão foi um atentado a um princípio constitucional. A minha opinião foi censurada.

O senhor defende explicitamente que os fiéis não votem em Dilma Rousseff?
Dom Luiz –
Minha recomendação é essa por causa das idéias favoráveis ao aborto que ela tem. Em 2007, numa entrevista, ela chegou a dizer que era um absurdo a não-descriminalização do aborto no Brasil. Então ela é favorável a isso. Agora, depois do primeiro turno, ela se manifestou muito religiosa, se dizendo contra o aborto e contra a união de pessoas do mesmo sexo. Quer dizer: tudo aquilo que atrapalhou a sua eleição no primeiro turno, ela tirou da campanha. Você pode confiar numa pessoa que assume posições contraditórias? Ninguém muda de idéia deste jeito. O lobo perde o pêlo, mas não perde o vício. Ela não é confiável.

O PT chegou a dizer que havia “indícios veementes” de participação do PSDB nas encomendas dos folhetos. Isso ocorreu?
Dom Luiz –
Em circunstância nenhuma eu agi de acordo com orientações partidárias. Eu falei, repito, assino e afirmo: “Não tenho partido político”. Eu sou um ser político, sim, mas não partidário. Se tomei partido nesta eleição, não foi a favor do PSDB, foi contra o PT e a Dilma. As razões são claras: sou contra o aborto e a favor da vida. Não fui procurado por partido político nenhum! Fui apenas agredido por militantes do PT, que, há dez dias, fizeram um escarcéu debaixo da minha janela, às duas da manhã, com palavrões e rojões. Cheguei até a ser ameaçado.

Como foi isso?
Dom Luiz –
Recebi cartas anônimas. Uma delas dizia: “O Celso Daniel foi assassinado, tome cuidado”. Fiz um boletim de ocorrência por causa disso, mas não tenho medo. Se fizerem qualquer coisa contra mim, será um tiro no pé. Será pior para eles.

É papel de um bispo se posicionar politicamente?
Dom Luiz –
O papel do bispo é orientar os seus fiéis sobre a verdade, sobre a justiça e sobre a moral. Ele deve apresentar a verdade e denunciar o erro. Foi o que fiz. Tenho todo o direito – e o dever – de agir do modo que agi. Não me arrependo de ter falado o que falei. Faria tudo de novo! Se surgir um candidato que seja contra os princípios morais, contra a dignidade humana e contra a liberdade de expressão, irei me levantar de novo.

O senhor irá continuar distribuindo documentos similares aos apreendidos?
Dom Luiz –
Se a Justiça liberar, vou. De qualquer forma, vou continuar manifestando minha opinião. Ninguém pode botar um cadeado, uma mordaça, na minha boca. Podem apreender um papel, mas nada altera minhas convicções.

Recomendado para você

Nenhum comentário

  • Ai ai… E olha que a criatura do Lula ainda nem foi eleita e o congresso nacional vermelho (não é da Russia nem de Cuba, é o nosso mesmo) nem assumiu ainda…

  • Thomas disse:

    Depois do site que vocês mesmo tiveram que tirar desse blog, pode-se ver que a tática tucana está surtindo efeito.

    Agora o bispo recebe carta anomima com ameças e é culpa do PT. Ninguém faria isso, exatamente por ser “um tiro no pé”

    Exatamente com este mesmo intuito que aquele site FAKE foi montado. Querem criar factóides (vide bolinha de papel!!!) para culpar o PT. Boa manobra, mas quem tem bom senso sabe que isso não pode ter vindo do partido, acusar é difamar nesse caso.

    Alerto mais uma vez para termos senso crítico e perceber que não existe partido algum perseguindo a Igreja, isso é absurdo e imoral!

  • Whermeson Bezerra disse:

    O PT não sabe perder? A atitude do Tasso correndo sobre o altar para gritar com um padre em Canindé é uma atitude de vencedor? Não digo que você, Vanderlúcio, é serrista, mas esta atitude de usar o blog somente contra o PT também não resolve os problemas políticos no país.

  • william disse:

    O bispo esta muito equilibrado politicamente. É uma infantilidade dizer que não é PSDB, é contra o PT.Se temos apenas duas opções e a do PSDB é pior que a do PT e ele só acusa o PT e a dilma, então que diabos ele é? Ora, Concretamente o Serra-PSDB, em materia de principios é pior que a dilma-PT. Vejamos os discursos do serra. No Rio, defende o adultério, em Minas incentiva a prostituição, na questão do aborto age hipocritamente, veja o caso da mulher dele, mente e finge no caso da bolinha de papel. Tudo isso pode ser visto nos grande jornais e na midia televisiva, não é coisa de blog pettista não. E o bispo só vê o caso da dilma? Ele não é Cego não. Ele vê muito bem, e vê o PSDB. Esse bispo pertence a parte da hierarquia da igreja mais conservadora e autoritária, que em 64 apoiou o golpe militar. Vê comunista e comedor de criancinhas em todo canto, menos nas sacristias de suas paroquias.
    Sim, Pe. Wagner,não sei onde o senhor estudou, mas precisa voltar aos bancos escolares. VEnha estudar na UFRN, sou professor de economia nessa universidade. Talvez o senhor aprenda o que é economia, política, comunismo, republica, etc. etc.
    Economista, professor e ex-seminarista.

  • Pedro Lacerda disse:

    Esse ai não é o mesmo que disse que mulher que faz aborto merece ser estuprada ou que não existe estupro, que a mulher consente?

\

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *