Ancoradouro

Em coluna de O Globo papa é comparado à líder Nazista

398 5

ogloboÉ natural que a decisão do Papa, de renunciar à sua função de pontífice máximo, gere repercussão e especulação na imprensa. Algumas elucubrações até se tornam  engraçadas, como o  malabarismo feito para associar o gesto do papa  falar em espanhol, durante um pedido de oração, à escolha de um papa Latino-Americano. Na edição de terça,19, o Jornal Nacional apresentou um cardeal italiano como sendo o arcebispo emérito de São Paulo Dom Cláudio Humes, pondo em cheque a teoria sustentada pela repórter em uma matéria exibida nacionalmente.

Certamente, o pior que saiu na imprensa brasileira sobre a renúncia do papa foi publicado dia 17 de fevereiro em uma coluna do Jornal O Globo. O espaço dedicado ao humor achincalha com a pessoa de Bento XVI, líder da Igreja com maior expressão na sociedade brasileira. O texto é grosseiro, abusivo  e de uma inutilidade ímpar.

E por que comentá-lo? Porque foi publicado em um grande veículo de comunicação; porque execrou a imagem pública de Bento XVI, líder religioso e chefe de estado; porque em uma sociedade de ordem e pacífica como a nossa, o preconceito e o  ódio gratuito não podem ser tolerados.

O pseudo repórter – alguém com ódio mortal ao  papa – chama Ratziger por duas vezes de Adolf, uma referência ao líder nazista que matou milhares de judeus durante a Segunda Guerra Mundial. Compara o Conclave, reunião dos cardeais votantes para escolher o novo papa, de sauna gay e alcunha a Igreja de pedófila apostólica romana, além de outras expressões que me recuso reproduzir neste espaço.

O colunista, editores e responsáveis pela veiculação do conteúdo do jornal  desconhece o papel e os limites da liberdade de imprensa.Sim, eles existem. Em conversa com o ANCORADOURO a advogada Marília Bitencourt lembrou que, “a divulgação de escritos, transmissão da palavra ou a publicação, a exposição ou a utilização da imagem de uma pessoa poderão ser proibidas a seu requerimento e sem prejuízo da indenização que couber se lhe atingirem a honra, a boa fama ou a respeitabilidade, ou se se destinarem a fins comerciais [como é o caso da coluna]”.

Mas dirão, “é uma coluna de humor”. E daí? O humor também possui limites, embora ainda não existam parâmetros concretos, mas já há exemplos de punição no país. Vale recordar que o humorista Rafael Bastos foi processado e teve que pagar indenização por ter feito piada contra o feto de uma cantora sertaneja. Já o cantor Luan Santana processou e pediu a bagatela de duzentos mil reais ao humorista Vinícius Vieira por ter feito um plágio de uma música sua onde se colocou em cheque a orientação sexual do cantor; o programa Pânico da TV Bandeirantes foi condenado pelo STJ pela “brincadeira” de jogar baratas vivas em transeuntes.

Ao ser questionada pelo material a redação apenas informa que a reclamação será repassada ao editor. E pronto. Mas o  dano já foi feito, milhares de pessoas leram. A imagem do ancião de Roma foi hostilizada mais uma vez.Não há reparação, retratação, nada. E não duvido que  em uma próxima coluna se queira superar-se e produzir material ainda mais abjeto. E assim, os ratos continuam a engorda no esgoto.

SERVIÇO

Para quem quiser pode expressar, com muito respeito, sua indignação ao conteúdo publicado na coluna do Agamenon onde chama o papa de Adolf e chama o Conclave de sauna-gay.

Caderno de cultura: (21) 2534.5703

e-mail: segundocaderno@oglobo.com.br

 

Recomendado para você

5 Comentários

  • Fábio Lima disse:

    Boa Tarde Vanderlúcio, não sei como eu, um simples leitor poderia ajudar a denunciar tanto abuso e comentários que tentam destrui a Imagem da Igreja, tanto na figura de nosso amado Bento XVI, como nos dogmas e tradições por ela mantido até os dias de hoje, mas agradeço a Deus, por existirem pessoas como você que desempenham esse papel muito bem, e lutam para que a verdade seja mantida.
    DEUS TE PAGUE.
    AMÉM.

  • Renan disse:

    A Globo seria muito incoerente ao chamar ou insinuar o S Padre Bento XVI de nazista pois em materia de corrupção e alienação do povo a emissora é um caso à parte com seus BBBs, sexo novelas da vida e apoio ao comunista PT.
    Aliás, os católicos deveriam até mesmo evitar até ver a Globo para não lhes dar audiencia, assim como a Record do Edir Macedo, inimigo mortal da Igreja católica, hoje até ele e seu PRB aliados da comunista Dilma-PT.
    Sabemos que a Glob presta serviços ao governo Dilma-PT-comunista que é das mesmas ideologias dos nazistas e fascistas: fortemente estatizantes, muito opressores, materialistas e ateus, sendo dos mesmos estilos de Cuba que tanto admiram, onde o povo é mantido de coleira no pescoço e fecho éclair na boca.
    E aí de quem der contra, bem nos mostrou a vinda de Yoani para mostrar as verdades sobre Cuba; daí os milicas do PT reagiram quando alguém discorda do POLITICAMENTE CORRETO, um show Brasil afora de intolerancia…
    Doravante já correm muito mais riscos de saírem perdedores em 2014 por mostrarem desde já se um dia dominarem o pedaço e alguém discordar deles, e bandeira da estrela de 5 pontas vermelha não diferencia no métodos de ação da suática nazista e foice e martelo fascista.
    Todos iguais.

\

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *