Ancoradouro

Luan Santana na JMJ – não fechemos a porta da fé a ninguém

335 23
Luan Santana cantará uma música na JMJ.

Luan Santana cantará uma música na JMJ.

Nesta quinta-feira, 27, foi divulgada a lista de atrações nacionais e internacionais que participarão da Jornada Mundial da Juventude, o maior evento do planeta que acontecerá de 23 a 28 de julho no Rio de Janeiro.

São quase trezentas atrações católicas das mais diversas modalidades. Mais o que chamou a atenção foi a escolha do cantor de sertanejo universitário Luan Santana.

Não foram poucos os católicos -talvez imbuídos pelos ares de manifestação – que bradaram nas redes sociais “Luan Santana não me representa“.

Vamos primeiro entender uma coisa, a palavra “representa” com este significado está ligado ao mundo da política que no Brasil segue o regime da democracia representativa. A Igreja não é uma democracia. E não há motivos para a rejeição que estão fazendo ao jovem cantor.

Uns dizem, a organização da JMJ precisa valorizar os cantores católicos. Mais? São quase 300 atrações católicas. É pouco? O evento Bote Fé correu o Brasil com as mais variadas atrações da cena católica. Existirá diversas atividades com estes artistas durante a Jornada Mundial da Juventude.

Geralmente, reclama  quem está fora da programação oficial do evento e se acha muito bom ou melhor de quem foi escolhido, o que é uma bobagem, pelo menos para quem empreende uma caminhada de fé. Tenho percebido que muitas bandas e ministérios de música recém criados se acham no direito de participar deste ou daquele evento…mas isso é assunto para outro pôst.

Voltemos ao tema. Luan Santana cantará apenas uma canção e católica.  Sou da opinião que não podemos fechar a porta da fé aos artistas, ainda mais que a escolha passou pelo crivo do Vaticano. Outra coisa, em alguns momentos parecemos muito com aqueles amigos e seguidores de Jesus retratados no Evangelho que faziam de tudo para separar o Mestre dos, considerados. pecadores públicos.

Confira a lista completa das atrações, aqui.

Recomendado para você

23 Comentários

  • José Arimatea Evangelista disse:

    Não se trata de excluir ninguém. Mas é o que tenho afirmado sempre, em se tratando deste ponto intrigante de dar espaço (ibope) para artistas seculares, que já não precisam, pois o tem e muito. É o fato de que suas canções não expressam em nada um amor segundo o evangelho de Jesus, mas sim experiências amorosas de uma noite só, amores traídos e traidores, amores condicionados. Segundo nos consta o amor de Deus a ser apresentado ao mundo, principalmente aos jovens, bombardeados por toda essa mídia famigerada, é incondicional, gratuito, eterno, fiel, comprometido, sempre pronto a perdoar. E aí, como fica a coerência entre o que se canta no palco da JMJ e nos palcos de cada dia pelo Brasil a fora. Vamos pensar melhor antes de sair com essa coisa melosa demais.

  • Verinha disse:

    Então, porque nos eventos evangélicos só cantam cantores gospel? Evento católico tem que dar prioridade a cantores católicos, não cantores seculares. Isso suja a imagem da Igreja, pois muitos protestantes acham que a gente ouve musica mundana.

  • Branco Aquino disse:

    Aí que está, ficou muito bem explicado no post que ele vai cantar uma música católica. Fechar as portas vai totalmente contra a proposta do evento que é reunir todos. Não conhecemos sua história de vida e nem o tamanho de sua fé.
    Não quero defender ninguém, até pq acho que todos nesse Brasil conhecem as músicas dele, mas a igreja é um espaço de todos, não vejo motivos para tudo isso gente!
    Jesus que é Jesus acolheu pecadores, doentes e leprosos pq nós que nos julgamos cristãos não vamos acolher um ser humano igual a nós?

  • francisco disse:

    Graças a deus que cancelei o meu pacote.Que mensagem este cara pode passar para os jovens?

    use camisinha?

    não importa quantos cantores catolicos terá na jmj, pelo o que eu sei é um evento religioso e não do tipo luan santana, ana maria braga e outros.

  • francisco gomes disse:

    Duvido que o vaticano saiba que tipo musica que ele canta nos seus show. talvez a única musica que eles ouviram foi esta…..Vou pagar promessas de joelhos

  • Alberto disse:

    Num primeiro instante vem algumas musicas que ele canta. Depois eu escuto Jesus e me lembro, não devemos julgar ninguém. Que nossa Senhora , a quem ele ama, segundo depoimentos dele, o ilumine a ser um homem do bem , da paz, do amor, . Não o julgo. Deus o conhece. E conhece quem o escolheu. Seja bem vindo Luan, a Paz de Cristo.

  • Geraldo disse:

    Se Luan estivesse com interesses de evangelizar-se teria se apresentado à JMJ não como cantor, mas quem teria ido para louvar o dono da festa: Jesus Cristo.
    Além do mais, cantores profanos como ele, maus comportamentos se acaso cristãos, como a carnavalesca Ivete Sangalo, Kassia Kiss – não seria K.I.S.S.? – e mais atores profanos globalistas deveriam ser pessoas dispensáveis, e como!
    Porque não convidaram Elba Ramalho e os que compartilham a ela?
    Tem cheiro de quererem melar a JMJ e transformá-la em mais um show pagão.

  • maros disse:

    luan e um cantor católico…crente evangelico …tanto quanto ou ate mais que muitos que disem que são … vamos faser assim mostre sua fé pelas suas palavras e ele continuara mostrando fasendo as obras que faz; ajudando quem precisa…alem do mas ele e um bom exemplo de pessoa.

  • Joaquim josé disse:

    Na JMJ ele canta um música religiosa e nas rádios canta: Perto de papai você é santinha
    Quando o sogrão não tá, você perde a linha
    Perto de papai você é santinha
    Quando o sogrão não tá, você perde a linha

    Não vai embora não, deita aqui na cama
    Se seu pai te perguntar, você tá com Luan Santana

  • A nós, o que nos entristeceu profundamente foi ver a completa falta de senso dos organizadores da JMJ, que não têm vergonha em emporcalhar um evento católico com personalidades imorais e parecem não ver problema em consagrar um espaço de evangelização à divulgação do estilo de vida anti-católico encarnado pelos «artistas famosos» aos quais a organização da JMJ parece julgar importante dar vez e voz.

    O pecado está no fato de que estes «artistas famosos» são conhecidos expoentes de tudo o que existe de mais podre na sociedade contemporânea, justamente aquelas coisas que são mais combatidas pela Igreja Católica. O pecado está no fato de que a mensagem passada por estes «artistas» em suas aparições públicas, para além de quaisquer características de suas vidas particulares (que não conhecemos e não vêm ao caso), é justamente uma mensagem de corrupção da juventude e degeneração da sociedade. O pecado reside no fato de que a «transformação da juventude e da sociedade» propagada pela Igreja é exatamente o contrário da “transformação” que estes artistas realizam quotidianamente com sua vida pública e, portanto, é um escândalo que eles recebam palco na JMJ para propagar a sua obra de apodrecimento da moral e dos bons costumes. O pecado, enfim, está no fato de que parece que não existe ninguém com um mínimo de bom senso na Organização da Jornada, uma vez que, não satisfeitos em realizar um escândalo de proporções diabólicas, ainda vêm a público defendê-lo e atacar os católicos que se sentem ofendidos com este vitupério às coisas sagradas e esculhambação de um evento voltado à evangelização da juventude!

    O «jovem Luan Santana» é o garoto que, apologia à sexualidade livre em suas músicas e canções [p.s.: e que se gaba publicamente de ter uma coleção de roupas íntimas das suas fãs (!) e de manter esporadicamente relações sexuais com elas após os seus shows (!!)]. Dizer que isso é uma «forma honesta» de «trabalhar» e «conquistar os seus sonhos» (sic!) é um escárnio a tantos jovens que, estes sim, trabalham anonimamente de forma honesta e digna e, longe dos holofotes da mídia, esforçam-se na medida de suas capacidades para serem sal da terra e luz do mundo. Na contramão dos esforços dessa juventude sadia e honesta estão «artistas» como o Luan Santana, ofendendo a Deus com suas canções desonestas e conduzindo uma juventude perdida ao redemoinho do hedonismo e do sexo desenfreado tão eloqüentemente louvados nas músicas e shows do jovem cantor. Desgraçadamente, esta juventude honesta não tem quem a represente ou defenda, e ainda precisa aturar sacerdotes responsáveis pela organização de um evento católico da magnitude da JMJ defenderem as imoralidades encarnadas por certos «artistas famosos» que dedicam as suas vidas à descristianização da sociedade brasileira!

    Os pecados do Luan Santana não estão em questão, e sim precisamente a mensagem que o jovem dedica a vida a transmitir com suas músicas lascivas e libertinas. Nosso Senhor andava com os publicanos e as prostitutas, sim, mas os convidava a abandonarem a sua vida de pecados. Sinceramente, defender a participação na JMJ de indivíduos publicamente conhecidos pela defesa e promoção de um estilo de vida em tudo contrário ao que ensina a Santa Igreja é um sofisma diabólico dos mais grosseiros, que estamos acostumados a encontrar nos lábios dos escarnecedores e inimigos de Cristo mas que, na pena de um sacerdote católico, é um doloroso golpe aos católicos e uma terrível ofensa a Nosso Senhor.

    Mais uma vez, estas palavras são uma piada de mau gosto. Não existem “discípulos” a serem “excluídos” aqui, e sim porta-vozes de uma sociedade degenerada aos quais nós achamos necessário, sim, negar os palcos e os holofotes que deveriam estar voltados para as mensagens cristãs das quais a nossa juventude está tão sedenta justamente porque os seus olhos e ouvidos são diuturnamente bombardeados pelo lixo moral que toca nas nossas rádios e aparece em nossas televisões – o mesmíssimo lixo moral que os organizadores da JMJ parecem empenhados em reverberar ao mundo inteiro através dos atos oficiais da Jornada Mundial da Juventude. Se o Luan Santana (ou quem quer que seja) quiser participar como peregrino da JMJ, será muitíssimo bem-vindo! No entanto, dar-lhe palco e conferir (mesmo tacitamente) uma aprovação moral ao estilo de vida depravado que o seu trabalho (dito “honesto”!) apregoa Brasil afora é criminoso, é um ultraje à Igreja de Cristo e uma zombaria a Nosso Senhor.

    Não precisamos do tom afetado destas notas públicas eivadas de orgulho ferido que intentam lançar sobre católicos honestos a responsabilidade pelo escândalo que a Organização da JMJ – e somente ela – provocou com estas ultrajantes escolhas de «artistas» imorais para “representar” a juventude católica brasileira diante do mundo inteiro. Repito o que já disse antes: se restasse um mínimo de decência aos responsáveis por esta infâmia, estes representantes do que existe de pior na nossa Pátria seriam imediatamente “desconvidados” e seria emitido um mea culpa público por esta deplorável atitude com a qual os organizadores da Jornada envergonharam perante o mundo os católicos do Brasil.

  • Alexandre disse:

    E a igreja católica ainda quer falar de que?
    Mas isto é bem o estilo católico mesmo, afinal de contas o católico pode tudo, pode ser católico e também bater um tambor, pode ser católico e beber sua cerveja, pode ser católico e ter um monte de mulheres, etc… Nada mais normal de ter um monte de cantor do mundo em seu evento, e olha que muitos destes cantores e artistas fizeram a cabeça em algum centro de macumba para ganhar fama.

  • sandro disse:

    O problema não é o cantor e sim, o que ele canta,o evento é mundial e mesmo que ele não cante uma música dele,o nome dele será divulgado,e quando os jovens que o conheceram ,passarem a conhecer suas músicas,pensaram que todo católico brasileiro é como ele,o que é até compreensivo,pois como estrangeiros nos conhece pouco,triste é ler o post do alexandre,viver uma mentira e até falar mentira englobando todos os que se declaram católicos,com os realmente os são.Perdeu uma grande chance de ficar “calado”.

  • Priscila disse:

    Seria muito interessante primeiro esclarecer que a igreja, que é mãe, não vai de fato atirar pedras. Rezemos nós para que ele tenha um encontro com o Cristo neste evento. Pensemos assim: que as nossas orações e jejuns incluam-no. Que seja Jesus a chamá-lo como chamou Zaqueu naquela árvore. A Igreja não diz que devemos escolher viver o pecado isto é um equívoco. Nós é que somos maus cristãos, maus padres, maus leigos…E há os que se comprometem com amor. É escolha seguir o evangelho ou não. E aqui todos nós somos iguais. Todos somos pecadores e não sabemos olhar com os olhos do Senhor. Olhar de quem crê na transformação do outro. Eu convido todos a jejuarem por esta intenção: que ele tenha um encontro com o Cristo. E que os ministeriados católicos que as vezes também vivem uma vida de pecado, as escondidas, também se encontrem com o desejo de santidade. E que os que vivem no caminho da santidade tenham cada vez mais a luz de Cristo para iluminarem este mundo.

  • GIL SANTOS disse:

    Beleza, Luan Santana cantará na JMJ! E aí? CADE O RESTO DO POVO MEU DEUS!!!! ESSES CARAS QUEREM ACABAR COM O EVENTO!!! QUERO VER ADRIANA, QUERO VER CEREMONYA, ADORAÇÃO E VIDA, ANJOS DE RESGATE ETC…!!!! QUE ELE TENHA UM ENCONTRO PESSOAL COM DEUS EM UMA MISSA OU GRUPO DE ORAÇÃO!!!!
    ACEITAMOS SIM LUAN SANTANA COMO IRMÃO CATÓLICO, MAS COMO CANTOR SECULAR PARTICIPANDO DE UM EVENTO TAO IMPORTANTE PRA NOS JOVENS…!!! NANANINANÃO!!!!

  • ARIELLE disse:

    LUAN EU SOU ARIELLE MORA EM GOIANIA SOME DA MINHA VIDA SAI DA MINHA FICA LONGE DE MIM EU PENSA

  • melissa disse:

    oii fofo eu sou sua fã s2 eu aportei tudo assua foto uma poruma eu ss pequene mais eu emtendo bem

  • melissa disse:

    oii fofo eu sou sua fã s2 eu apostei tudo assua foto uma poruma eu sou pequene mais eu emtendo bem

  • EDISON disse:

    Irmãos, CRISTO ao ser indagado pelo apostolo João sobre alguem que expulsava demonios em nome dele sem ser um deles ele respondeu: QUEM NÃO É CONTRA NÓS ESTÁ A NOSSO FAVOR. Marcos 9: 38-41; 38 “Mestre”, disse João, “vimos um homem expulsando demônios em teu nome e procuramos impedi-lo, porque ele não era um dos nossos.”
    39 “Não o impeçam”, disse Jesus. “Ninguém que faça um milagre em meu nome, pode falar mal de mim logo em seguida,
    40 pois quem não é contra nós está a nosso favor.
    41 Eu digo a verdade: Quem der um copo de água a vocês em meu nome, por vocês pertencerem a Cristo, de modo nenhum perderá a sua recompensa.

  • Maria Denise disse:

    Jesus disse: Não vim para os justos mas sim para os pecadores, os bons não necessitam de médicos mas sim os doentes, e há mais alegria no céu por um só pecador que se converte do que por 99 justos que não necessitam de conversão! estão esquecendo quantos fãs ele vai trazer para JESUS? Eles também irão para serem evangelizados

  • Alexandre disse:

    O Sandro,
    Mentira é o que a igreja católica vive, isso sim que é uma mentira.

  • lorena disse:

    luan satana eu te amo muito nofundo do meu coração que sua fã 5 se chama é lorena mais eu teamo muito meu anjo:

  • ARIELLE disse:

    LUAN EU SOU ARIELLE MORA EM GOIANIA QUANTO EU TE AMO VOCE SAUDADE DE VOCE

  • luana disse:

    Luan vc tudo para mi tiamor tivivo vc e o homem mais lindo do mundo casa comigo

\

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

8 − um =