Ancoradouro

Em Família: par de lésbicas é rejeitado pelo público

324 4

A teledramaturgia global investe pesado em enredos com personagens homossexuais na tentativa de recuperar a audiência que na média geral cai. Uma sequência de 2 novelas no horário nobre usaram do expediente e já antecipam que, em breve ,Fernanda Montenegro fará papel de lésbica em um folhetim e José Meyer interpretará um coroa gay. 

Novela poderia mudar o nome de "Em Família" para "Em Cabaré".

Novela poderia mudar o nome de “Em Família” para “Em Cabaré”.

Em “Amor à Vida”, uma dupla de homossexuais protagonizou  beijo gay elevando o ato ao status de quebra de tabus na tv brasileira. Na onda do sucesso, a emissora quis repertir a dose,mas o público reagiu. O par de lésbicas da  novela “Em Família” não encontrou empatia com o telespectador.

Na trama,  Clara (Giovanna Antonelli)  é casada com Cadu (Reynaldo Gianecchini) e no roteiro deve se separar para ficar com a lésbica  Marina (Tainá Müller). De acordo com o crítico de TV, Daniel Kastro, a pesquisa feita pela Globo com grupos de telespectadores “levou o autor Manoel Carlos a promover uma reviravolta na trama”.  Ainda segundo Kastro, “a pesquisa repete movimentação que a Globo já detecta em sua Central de Atendimento ao Telespectador (CAT)”.

A colunista Fabiola Reipert (R7) questiona: “Mas na vida real, será que é assim tão fácil? Será que a sociedade aceita numa boa que uma mãe de família largue marido e filho pequeno para viver um grande amor lésbico?”, e  sugere: “às vezes, penso que a Globo quer que acreditemos que só os homossexuais, homens ou mulheres, podem ser verdadeiramente felizes”.

O comerciante Lúcio Souza que vende acessórios para dispositos móveis em uma loja no centro de Fortaleza  confirma a rejeição. “Os clientes não compam  a capa de celular similar à da personagem lésbica da novela e esse é o motivo pelo quê não compram. Nem peço mais”, garante.

Patinando na audiência

É provável que o autor insista no roteiro para apostar na polêmica e ganhar alguns pontos de audiência. Enquanto isso, investe em cenas tórridas de sexo. A novela já chegou a ter seis cenas de relações sexuais em uma semana. Um abuso para o horário.

Reprodução do site de Daniel Kastro.

Reprodução do site de Daniel Kastro.

A atriz Bruna Marckezine (foto) foi só completar 18 anos para começar a gravar cenas de nudez e sexo, tudo pela desejo insano de obter audiência custe o que custar. Os colunistas estão chamando-a de ‘ninfeta’. Daniel Kastro escreveu que Luiza, personagem de Bruna, “transa três vezes em dois dias para levantar Ibope”. “Em Família” poderia trocar de nome para “Em Cabaré” e telespectadores deveriam mudar de canal. 

Para reclamações sobre excesso de cenas de nudez e sexo na programação basta ligar para a Central Globo de Atendimento (CAT) através do  número 400 22 884 (custo de ligação local).

Recomendado para você

4 Comentários

  • Luis disse:

    De uma novela da globo não se há de esperar coisa diferente.

  • Rayane disse:

    As novelas da globo estão cada vez mais podres.

  • Bruno disse:

    Bem sensacionalista isso. Pego um monte de opiniões, misturo com mais opiniões de blogueiros de fofocas e finalizo com o “Zé das Couves” vendendo capas para celular. Admito que fiquei até mesmo um pouco confuso com a variedade de críticas travestidas em opinião.

  • victor disse:

    um jornal que deveria fazer matérias imparciais, procura assuntos que, de alguma forma, tenta derrubar uma parte de seus leitores. acho que ainda ontem li uma matéria sobre um casamento gay coletivo, sem ofensas a nenhum dos grupos, héteros ou homossexuais, ou há qualquer leitor, assim, saiu uma notícia sobre um acontecimento em fortaleza que possa ser lido. Mas um blogueiro, que se diz apaixonado por comunicação, pode escrever qualquer assunto que seja de respeito a sua crença, fazendo fazendo referenciais teóricos errados e usando sites de fofocas, procura atingir gays como se os mesmos estivessem cometendo crimes por se apaixonar por um hétero, ou mesmo, criticando uma emissora por novelas que tragam casais gays, usando termos ”A teledramaturgia global investe pesado em enredos com personagens homossexuais na tentativa de recuperar a audiência que na média geral cai. Uma sequência de 2 novelas no horário nobre usaram do expediente e já antecipam que, em breve ,Fernanda Montenegro fará papel de lésbica em um folhetim e José Meyer interpretará um coroa gay.” Onde um blog gay já fez repudio a uma novela por ela ter sempre casais héteros na sua trama? onde está o editor chefe deste ”jornal”?

\

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

quatro × cinco =